Abrir menu principal

Wikipédia β

Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde Novembro de 2008). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

David Bloor é professor e antigo diretor da Unidade de Estudos da Ciência na Universidade de Edimburgo, Escócia.

David Bloor
Nascimento 28 de junho de 1942 (75 anos)
Derby
Nacionalidade  Reino Unido
Ocupação Sociólogo
Influências
Principais trabalhos Knowledge and Social Imagery (1976)

Ele começou sua carreira acadêmica pelo estudo da filosofia e da psicologia. Nos anos 1970, ele e Barry Barnes foram as figuras principais do chamado "Programa forte em sociologia das ciências", que sustentava posições contrárias ao positivismo em ciência. O seu livro ‘Knowledge and Social Imagery’ (Routledge, 1976) é um dos marcos do programa forte...........

Bloor escreveu muito sobre o debate Kuhn/Popper, e é uma figura importante da sociologia da ciência. Nos anos 1980, quando teóricos franceses como Bruno Latour desenvolveram a teoria ator-rede (baseada em parte no programa forte), David Bloor discordou profundamente de seus fundamentos, argumentando ser um erro tratar humanos e não-humanos como dotados igualmente da faculdade de ação (agência, do inglês agency). Bloor chegou ao ponto de escrever um artigo chamado “Anti-Latour”, que esquentou o debate, já acirrado, entre as correntes contemporâneas da sociologia da ciência.