Deuteromycota

Os Deuteromycota, deuteromicetos ou fungos conidiais é um filo com os chamados fungos imperfeitos, pois se reproduzem somente por esporos (conídias e clamidosporos) formados por mitose (esporos assexuais) ou ainda não se conhece seu ciclo sexuado. Porém, "imperfeitos" é uma denominação errônea sob ótica evolutiva e também pela importância humana destes fungos. Penicillium são fungos importantes na produção de queijos e antibióticos. Aspergillus é responsável pela contaminação de alimentos como trigo e amendoim, principalmente em países tropicais, e na confecção de vários produtos de uso humano, entre eles o saquê. Dermatófitos são fungos conidiais causadores de doenças de pele humanas. Apesar de Deuteromycota, os exemplos acima, como muitos outros (ver abaixo) são considerados Ascomycota.

Como ler uma infocaixa de taxonomiaDeuteromycota
Aspergillus.gif
Classificação científica
Reino: Fungi
Divisão: Deuteromycota *
Subdivisões e Classes
Ver texto.

Deuteromycota não é um táxon monofilético, ou seja, não reune espécies descendentes de um único ancestral comum, e não é portanto um táxon natural.

Muitos dos fungos deuteromicetos estão 'esperando' para que possam ser classificados em um dos outros quatro filos (quitrídios - Chytridiomycota, zigomicetos, ascomicetos ou basidiomicetos).

Como o ciclo sexuado de cada um deles ainda não foi demonstrado, ou não existe, ou não foi usado para classificação ainda, eles ainda se mantêm no filo. À medida que é descoberto o ciclo sexuado, ou quando o estudo é feito por comparação do material genético, principalmente DNA, as espécies vão sendo colocadas, pelo menos em tese, em seus devidos lugares.

Supõe-se que a maioria dos Deuteromycota são Ascomycota, e que há Basidiomycota e Zygomycota em número bem pequeno. Isso é deduzido pelo fato de a maioria possuir hifa septada. Os fungos septados são, em geral, Ascomycota ou Basidiomycota. O septo de muitos é simples (não há septo doliporo nem parentossomos, como em muitos - mas não todos - Basidiomycota). A dúvida não pode ser resolvida apenas morfologicamente, como se vê. A maioria deles, ainda, se reproduz por conídios (esporos assexuais externos a esporângios, originados das células conidiogênicas, que são hifas especializadas neste processo), característica que abrange Zygomycota, Ascomycota e Basidiomycota. Só não são observados conídios nos Glomeromycota e Chytridiomycota.

BibliografiaEditar

  • Sistema de ensino CNEC
  • RAVEN, P.H.; EVERT, R.F. & EICHHORN, S.E. 2007. Biologia Vegetal. 7ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan.
  Este artigo sobre fungos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.