Diário da Manhã (TVI)

O Diário da Manhã é um programa informativo matutino da TVI. Atualmente, de segunda a sexta-feira, é transmitido entre as 6h15 e as 9h55 com apresentação dos jornalistas Pedro Carvalhas e Daniela Rodrigues.[1]Ao fim de semana foi apresentado alternadamente por um jornalista da TVI até junho de 2024. A partir de junho de 2024, ao fim de semana, o informativo passou a ser apresentado pela jornalista Diana Bouça-Nova com emissão entre as 7h e as 10h.

Diário Da Manhã
Diário da Manhã (TVI)
Informação geral
Formato telejornal
Género Informação
Duração 2h50 (seg.-sex.) / 2h30/2h (sáb.-dom.)
Criador(es) TVI
País de origem Portugal Portugal
Idioma original português
Produção
Diretor(es) Nuno Santos
Produtor(es) TVI
Apresentador(es) Pedro Carvalhas
Daniela Rodrigues

Fins de semana
Diana Bouça-Nova

Antigos apresentadores
Henrique Garcia
Júlia Pinheiro
Rui Pedro Baptista
José Carlos Araújo
Susana Bento Ramos
Susana Bacelar
Rute Cruz
Leonor Poeiras
Ana Guedes Rodrigues
José Manuel Santos
Patrícia Matos
Ana Sofia Cardoso
Frederico Mendes de Oliveira
João Póvoa Marinheiro
Rita Rodrigues
Sara Sousa Pinto
Conceição Queiroz
Marcos Pinto
Maria João Rosa
José Gabriel Quaresma

Exibição
Formato de exibição 576i (SDTV)
16:9
Transmissão original 6 de Outubro de 2003 - presente
Cronologia
Programas relacionados TVI Jornal
Jornal Nacional
Esta Manhã

Durante o programa, para além de toda a informação nacional, internacional, política, cultural, mundial, social e desportiva, é frequente a atualização do estado do trânsito nas cidades de Lisboa e Porto, assim como da meteorologia para todos os distritos do país e de ligações em direto ao exterior. É frequente também a presença de convidados em estúdio para debater alguns assuntos específicos. Desde 2021, com o fim da TVI24, passa a ser exclusivamente transmitido na TVI.

História

editar

2003: Em outubro, arranca o Diário da Manhã, com apresentação de Henrique Garcia e Júlia Pinheiro.[2][3][4][5] Isto ocorre depois de os concorrentes (SIC e RTP) já terem formatos semelhantes no mesmo horário, com a SIC Notícias e o Bom Dia Portugal (RTP1).

2004: Neste ano, a TVI troca de apresentadores: saem Henrique Garcia e Júlia Pinheiro e entram o Rui Pedro Batista e Leonor Poeiras.[4][6]

2005: A TVI volta a mudar de apresentadores: entram José Carlos Araújo, Susana Bento Ramos e Susana Bacelar para conduzir o programa em que as duas jornalistas rodavam semanalmente na condução do Diário da Manhã.

2006: Neste ano, entrava Rute Cruz e saía Susana Bacelar mas o resto do painel mantinha-se no programa.

2009: Após a saída de José Carlos Araújo para a TVI24, da saída de Susana Bento Ramos e do falecimento de Rute Cruz (em 2008),[7] devido a doença, a TVI contrata Ana Guedes Rodrigues ao Porto Canal e aposta na apresentação singular, ao invés do que era habitual.[8]

2009: Ana Guedes Rodrigues sai do programa para a abraçar um novo projecto na TVI e é substituída por Rita Rodrigues.

2010: Rita Rodrigues abandona a condução do programa devido a gravidez e a TVI aposta no regresso à antena de José Manuel Santos e na jornalista Patrícia Matos, em rotatividade semanal.

2011: Neste ano, a TVI reformulou o espaço informativo da manhã e voltou apostar numa dupla de apresentadores, para conduzir o programa simultaneamente: Patrícia Matos e Frederico Mendes Oliveira (vindo da TVI24, para substituir José Manuel Santos[4] que passou a desempenhar o lugar de editor do Diário da Manhã).

2012: No dia 9 de janeiro, Ana Sofia Cardoso[9] ocupa o lugar de Patrícia Matos e faz dupla com Frederico Mendes Oliveira.

2015: O informativo passa a ser transmitido dos estúdios da TVI24 e a sua emissão termina mais cedo na TVI, para a transmissão do programa de astrologia e tarologia Cartas da Alma. Em meados de julho de 2015, com o fim do breve Cartas da Alma, o Diário de Manhã voltou a ser exibido no centro de notícias da TVI e a ter sua íntegra exibida no canal generalista, com a apresentação de Patrícia Matos.

2020: Com o fim da reposição da 7ª série de Morangos Com Açúcar, a 26 de setembro o Diário da Manhã passa a ser emitido também ao fim de semana, entre as 7h45 e as 10h (ou seja começando uma hora e quinze minutos mais tarde que a edição emitida aos dias úteis), concorrendo com a edição de fim de semana do Bom Dia Portugal.[10]

2021: Com a estreia do novo programa Esta Manhã, o Diário da Manhã vê a sua emissão reduzida a meia hora na TVI e uma hora na TVI24 de segunda a sexta e a uma hora e 15 minutos na TVI ao sábado. A edição de fim de semana mantém-se entre as 7:45 e as 10h na TVI24 e ao domingo em ambos os canais (na TVI24 prolonga-se por mais 35 minutos neste dia, em relação à missão no canal generalista). Com o fim da TVI24, o programa passa a ser emitido exclusivamente pela TVI.

2023ː O Diário da Manhã dos dias úteis passa a ter início 15 minutos mais cedo, às 6ː15. Aos sábados, é emitido entre as 6ː05 e as 6ː30 e aos domingos entre as 6ː15 e as 6ː45.

2024: Em março de 2024, o Diário da Manhã passou a ser exibido entre as 6:15 e as 9:55 substituindo o Esta Manhã , que terminou após três anos no ar. Nesta nova versão do Diário da Manhã, os apresentadores são durante a semana os jornalistas Pedro Carvalhas e Daniela Rodrigues. A partir de junho de 2024, o informativo passou a ser exibido aos fins de semana num horário alargado (entre as 7h e as 10h) com apresentação da jornalista Diana Bouça-Nova.

Referências

  1. Pires, Igor (13 de setembro de 2020). «Anselmo Crespo, Diretor de Informação da TVI, garante: "Queremos chegar a toda a gente"». Selfie. Consultado em 23 de setembro de 2020 
  2. Erro de citação: Etiqueta <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs de nome :0
  3. Bernardino, Carla (28 de agosto de 2020). «Cristina Ferreira: vontade de aprender, ″chispa″, estrelinha e muita criatividade - DN». Diário de Notícias. Consultado em 23 de setembro de 2020 
  4. a b c «Nova dupla de pivos no Diário da Manhã'». Fantastic. Maio de 2011. Consultado em 23 de setembro de 2020 
  5. Lopes, Felisbela (2007). «2006: o ano da renovação administrativa das licenças da SIC e da TVI» (PDF). Observatório da Comunicação (OberCom). RepositóriUM - CECS - Artigos em revistas nacionais. ISSN 1645-0345. Consultado em 23 de setembro de 2020 
  6. «MONIZ MEXE NA INFORMAÇÃO». Correio da Manhã. 11 de setembro de 2004. Consultado em 23 de setembro de 2020 
  7. «Óbito: TVI chocada com a morte de Rute Cruz». Destak.pt. 7 de novembro de 2008. Consultado em 23 de setembro de 2020 
  8. Sousa, Ana Lúcia (2 de março de 2009). «Susana Bento Ramos afastada do ecrã - DN». Diário de Notícias. Consultado em 23 de setembro de 2020 
  9. Coelho, Ângela (2013). «A participação do cidadão na informação da TVI». Universidade do Minho. RepositóriUM - BUM - Dissertações de Mestrado. Consultado em 23 de setembro de 2020 
  10. André, Pereira (setembro de 2020). «"Diário da Manhã" passa a ser emitido ao fim-de-semana na TVI». Fantastic TV. Consultado em 22 de fevereiro de 2021 

Ligações externas

editar
  Este artigo sobre televisão é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.