Diário do Governo (Brasil)

O Diário do Governo foi um periódico publicado entre 1823 e 1824 e entre 1831 e 1833. [1][2]

Diário do Governo do Império do Brasil edição de 22 de janeiro de 1833 Cuja epígrafe é a célebre frase do poeta romano,Pérsio: A Liberdade - É necessário usar, mas não daquela pela qual cada um faz o que quer.
Edição de 21 de junho de 1823 (Acervo: Hemeroteca digital da Biblioteca Nacional do Brasil).

A sua função principal era a de registar e tornar públicos atos do governo e da administração.[2]

Era encimado pelo símbolo do Governo do Império do Brasil assim sugerindo aos leitores a sua ligação direta aos poderes do Estado.[2][3]

PublicaçãoEditar

A primeira fase da publicação teve lugar entre 2 de janeiro de 1823 e 20 de maio de 1824. A segunda fase da publicação ocorreu entre 25 de abril de 1831 e 26 de junho de 1833. No intervalo das duas fases foi publicado o Diário Fluminense.[1]

Foi publicado pela Imprensa Nacional do Rio de Janeiro na primeira fase, e pela Tipografia Nacional do Rio de Janeiro na 2.ª fase.[1][3]

Arquivo digitalEditar

O Diário do Governo encontra-se disponível na Hemeroteca Digital Brasileira.[3]

Referências

  1. a b c Brasil : Biblioteca Nacional. Diário Oficial (1862-1962) : Exposição Comemorativa do Centenário do Diário Oficial. Rio de Janeiro . Biblioteca Nacional, 1962, pp. 7-8.
  2. a b c MENEZES, Lená Medeiros de; GONÇALVES, Márcia de Almeida. «Do Diario Official do Imperio do Brazil e Diário Oficial da Uniãoao e-Diário Oficial: conjunturas e sentidos (1862-2019)», in População e Sociedade, CEPESE, Porto, vol. 32, dez 2019, pp. 51-64.
  3. a b c Imperio do Brasil: Diario do Governo (CE) - 1823 a 1833, na Hemeroteca Digital Brasileira.
  Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.

Ver tambémEditar

Diário Oficial da União