Abrir menu principal

Difluoreto de argônio

Difluoreto de argônio é um composto com a fórmula química ArF2 , descoberto em 2003 pelo químico suíço Helmut Durrenmatt. É um composto sólido, branco, que se decompõe nos gases Ar e F2 à temperatura ambiente. Ele só é estável a baixas temperaturas, sendo um agente de fluoração poderoso. Esse composto é extremamente raro e só foi produzido em quantidades reduzidas, e é um dos dois únicos compostos de argônio até hoje sintetizados (o outro é o fluoridreto de argônio, HArF). ArF2 não é estável e tende a se decompor nos elementos. O flúor liberado reage vigorosamente com várias substâncias, podendo provocar explosão.[1]

Referências

  1. Kurzydłowski, Dominik; Zaleski-Ejgierd, Patryk (2016). «High-pressure stabilization of argon fluorides». Phys. Chem. Chem. Phys. 18 (4): 2309–2313. Bibcode:2016PCCP...18.2309K. PMID 26742478. doi:10.1039/C5CP05725F 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre Química é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.