Dinastia atálida

A dinastia atálida[1] foi uma linhagem grega que governou na cidade de Pérgamo após a morte de Lisímaco da Trácia - um dos generais e sucessores de Alexandre o Grande.

Um dos oficiais de Lisímaco, Filetero, ficou com o poder na cidade em 282 a.C. Tendo ulteriormente a sua descedência governado a cidade-estado, então convertida em reino.[1]

Átalo I proclamou-se rei, na década de 230 a.C., após as suas vitórias sobre os gálatas.

Os atálidas reinaram Pérgamo até Átalo III legar o reino à República Romana em 133 a.C.

Dinastia de PérgamoEditar

GenealogiaEditar

Átalo
Boa
Filetero
Eumenes
Satira
Átalo
Eumenes I
Filetero (?)
Átalo
Antioquis
Eumenes (?)
Átalo I
Apolonis
Estratonice
Eumenes II
(?)
Átalo II
Filetero
Ateneu
Átalo III
Eumenes III

Nota: Genealogia tomada de HANSEN (1971), pp. 26 e 45.

BibliografiaEditar

  • HANSEN, Esther V. (1971). The Attalids of Pergamon . Ithaca, New York: Cornell University Press; London: Cornell University Press Ltd. ISBN 0-8014-0615-3.

Referências

  1. a b Infopédia. «atálida | Definição ou significado de atálida no Dicionário Infopédia da Língua Portuguesa». Infopédia - Dicionários Porto Editora. Consultado em 22 de setembro de 2021