Abrir menu principal

Diogo de Mendonça Corte-Real

Diogo de Mendonça Corte-Real

Diogo de Mendonça Corte-Real (Madrid, entre 1694 e 1703Peniche, 1771[1]) foi um político português.

Filho do antigo secretário de Estado e homónimo (1658-1736), diz Joaquim Veríssimo Serrão em Historia de Portugal, Volume VI, era doutor em Cânones pela Universidade de Coimbra e de 1723 a 1728 fora enviado extraordinário aos Países Baixos.

No regresso exerceu os cargos de provedor da Casa da Índia, deputado da Casa de Bragança e conselheiro da Fazenda.

Foi nomeado pelo Rei D. José I de Portugal, em 2 de agosto de 1750, Secretário de Estado da Marinha e dos Negócios Ultramarinos, em substituição de António Guedes Pereira.

BibliografiaEditar

  • MACHADO, Diogo Barbosa. Biblioteca Lusitana, 3ª edição, vol. I, Coimbra, 1965, p. 677.

Referências

  1. Simões, Mário Francisco, Júnior (2017). A secretaria de Estado do Ultramar e Diogo de Mendonça Corte Real: inflexões na administração central do Império Português (1750-1756) (Dissertação de Mestrado). Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas. Consultado em 26 de junho de 2018