Diotisalvi Neroni

Diotisalvi Neroni (14014 de agosto de 1482) foi um político italiano do século XV.

Busto de Diotisalvi por Mino da Fiesole, atualmente no Louvre, Paris.

HistóriaEditar

Diotisalvi nasceu em Florença e foi nomeado para diversas posições importantes no governo da cidade. Foi embaixador em Milão e um dos protagonistas da Paz de Lódi de 1454.

Um dos principais conselheiros de Cosmo de Médici, o Velho, ajudou-o a retornar do exílio para Florença e ele chegou a recomendar que a cidade fosse governada por Diotisalvi depois de sua morte, mas as incompetência e tirania demonstrada pelo filho de Cosmo, Pedro, o Gotoso, obrigou Neroni a participar do complô de 1466 contra ele, liderado por Luca Pitti, Angelo Acciaiuoli e Niccolò Soderini. Pedro, porém, foi alertado da trama e esmagou seus adversários. Neroni e seus filhos foram declarados rebeldes e suas propriedades e bens, confiscados.

Diotisalvi mudou-se para a Sicília e, posteriormente, para Ferrara, onde foi recebido por Borso d'Este, Duque de Módena e Reggio, um dos conspiradores de 1466.

Morreu em Roma e foi sepultado em Santa Maria sopra Minerva. Há um busto dele, de Mino da Fiesole, no Louvre e um retrato de Domenico Ghirlandaio na Capela Sistina.

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Diotisalvi Neroni