Discussão:Curso livre

Adicionar discussão
Não há discussões nesta página.

Os cursos livres são aceitos em órgãos públicos para contagem de ponto, em faculdades como trabalhos e cursos realizados, assim como também para o aumento do salário em euqiparação de cargos e salários.

Podemos citar como exemplo a profissão de Analista de Suporte Técnico que não é regulamentada, apesar de reconhecida, e por este motivo prepara o profissional para exercer esse cargo e a remuneração corresponde obviamente a esta realidade.

Peço por favor que seja retirado o trecho "e os cursos não concede em alguns momentos privilégios como, aumento de salário entre outros" no 4º parágrafo, sendo substituído por "Esses cursos tem validade legal para diversos fins, porém "

Desta forma o 4º parágrafo seria: "Lembrando que Curso livre não tem vínculo nem reconhecimento pelo MEC/CAPES. Esses cursos tem validade legal para diversos fins, porém não podem ser convalidados, validados ou chancelados por escolas reconhecidas pelo MEC/CAPES."

--Inform4tica (discussão) 13h48min de 1 de abril de 2010 (UTC)

Colegas estando errado o trecho que diz que não há aumento de salário, e não havendo nenhuma oposição, farei a correção do artigo.

Obrigado

Inform4tica (discussão) 01h25min de 13 de abril de 2010 (UTC)

Reparei que havia um link de fonte externa que sugeria um site do governo, mas levava a um site particular de venda de cursos de extensão. Apaguei a fonte externa pois considerei tratar-se de spam.

--Thiago Henrique Santos (discussão) 18h11min de 26 de julho de 2011 (UTC)

Regressar à página "Curso livre".