Discussão:Modos gregos

Discussões ativas

UntitledEditar

Atenção: não confundir modos gregos com modos eclesiásticos (da Igreja). Embora as escalas sejam as mesmas e o conjunto de nomes utilizados seja o mesmo, não há uma correspondência entre a escala à qual é atribuido o nome de um modo grego e a escala do seu homônimo eclesiástico. Em outras palavras: o modo que os gregos chamam de Dórico não é o mesmo que a Igreja chama de Dórico, e isso vale para todos os modos. A troca de nomes se deu em virtude do estudo de Boécio, que ignorava que os gregos escreviam as escalas em sentido descendente, ao contrário do que faziam os romanos.

Modos gregos não são a mesma coisa que modos eclesiásticos.Editar

São duas matérias diferentes, que tem severas semelhanças, mas importantes diferentes e o artigo corrobora pra uma profunda confusão entre as duas coisas. Para começar, indicando-os como um mesmo artigo. Uma primeira diferença é que existem, de fato, oito modos eclesiásticos enquanto o artigo se foca apenas nos oito modos gregos.

Informações incorretas como O sétimo modo, o lócrio foi criado pelos teóricos da música para completar o ciclo, mas é de raríssima utilização e pouca aplicabilidade prática.. Existem muitas músicas no sétimo modo. Ou Ao todo são 7, mais 7 variações destes. Claramente não está se referindo aos modos gregorianos que são apenas quatro e quatro variações destes, somando oito modos.

O artigo fala sobre Modos Gregos, fundamenta-os historicamente como modos litúrgicos e não fala nada sobre os modos gregorianos de fato.

O artigo precisa ser melhorado e outro artigo separado sobre Modos Eclesiásticos precisa ser feito. Ou então a página precisa ser redirecionada para Música Modal e ter seus próprios tópicos. Cayo C. (discussão) 07h11min de 14 de junho de 2021 (UTC)[]

Regressar à página "Modos gregos".