Abrir menu principal
Djangos
Informação geral
Origem Rio de Janeiro, RJ
País  Brasil
Gênero(s) Rock alternativo
Dub
Ska
Período em atividade 1990 - 1995
1995 - 2001
2005 - atualmente
Gravadora(s) WEA (1997-2001)
Integrantes Marco Homobono - Voz e Guitarra
João Aquino - Bateria
Lyle Diniz - Baixo

Djangos é uma banda de rock alternativo do Rio de Janeiro.

Índice

HistóriaEditar

Fim dos anos 80. O Circo Voador e a Rádio Fluminense FM ainda eram o ponto de partida para as bandas cariocas. E com os três protagonistas da nossa história não foi diferente. Depois de uma tentativa frustrada no final dos anos 80, Marco e João montaram o trio Corações e Mentes em 1990, formado a partir do contato de Márcio, amigo de colégio em comum e primeiro baixista da banda. Em 94, aconteceu a primeira e definitiva mudança na formação do trio com a chegada de Lyle Diniz, recém saído do serviço militar. "Quando Marcio saiu e Lyle entrou, a gente pôde dar um tom mais pesado e rápido à banda. Acabamos englobando outros estilos ao nosso som, como punk, ragga, e o que mais a gente gostasse", completa o vocalista. Nessa época a música Sopa de Jornal começou a tocar na Rádio Fluminense FM, uma gravação em K-7 de ensaio.

A mudança de sonoridade acabou prenunciando um novo nome para o trio, que a partir de 95, passou a chamar-se Kamundjangos. Com uma fita demo na mão produzida por Marcelo Yuka (O Rappa) e Alexandre Kassin, a fórmula do trio consolidou-se cada vez mais e os três apresentaram-se em todos os palcos que puderam, saindo do Rio e passando por Curitiba, São Paulo, Minas e Brasília. Participaram da coletânea "Paredão", ao lado de bandas novas.

Em 97, finalmente, assinaram contrato com uma multinacional, a gravadora WEA. No final desse mesmo ano lançaram o CD "Raiva Contra Oba Oba" com a produção de João Barone (Paralamas) e Tom Capone. "Nessa época, havia muitas bandas com nomes parecidos ao nosso. "Para não criar confusão, a gente decidiu mudar, de novo. Numa consulta rápida, acabamos ficando com LOS DJANGOS, até porque gostamos de bandas como Los Pericos, Los Fabulosos Cadillacs (ambas argentinas)... muita gente achou bem melhor assim, e a gente gosta muito", explica João.

Em 2001 saem da WEA e iniciam um trabalho independente com novas músicas. Nessa época mudam o nome para Djangos. Atualmente estão em estúdio produzindo um novo trabalho com produção de Marcelo Yuka (Rappa, F.UR.T.O.)

O nombre da banda não tenem nenhuna relação com a filme do Quentin Tarantino: Django Unchained

IntegrantesEditar

DiscografiaEditar

ColetâneasEditar

ÁlbunsEditar

EP e demosEditar

  • Djangos (2004)

InfluênciasEditar

Ligações externasEditar