Dois Tratados sobre o Governo

Dois Tratados sobre o Governo (em inglês, Two Treatises of Government) é uma obra de filosofia política publicada anonimamente por John Locke no ano de 1689. O Primeiro Tratado refuta as idéias de Robert Filmer, sistematizador do patriarcalismo enquanto que o Segundo Tratado delineia a teoria política da sociedade civil baseada no direito natural e na teoria do contrato social. Essa obra propõe o estabelecimento de um acordo entre governantes e governados que tem como base um conjunto de leis escritas. Diferentemente de Hobbes, John Locke acreditava que o estado natural era o de igualdade e paz, os Direitos naturais eram: o direito de vida, liberdade, propriedade e resistência a tirania. Para manter esses direitos naturais era necessário um governante que respeite o desejo da maioria, caso o governante coloque em risco os direitos naturais, o povo tem direito de resistir e fazer uma revolução.

Dois Tratados sobre o Governo
Frontispício da primeira edição
Autor(es) John Locke
Idioma inglês
País Inglaterra
Assunto Filosofia política
Editor Awnsham Churchill
Formato Impresso
Lançamento 1689

Ver tambémEditar

Referências

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre um livro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.