Domenico Giacobazzi

Domenico Giacobazzi (Roma, 1444 - Roma, 2 de julho de 1527) foi um cardeal do século XVII.

Domenico Giacobazzi
Cardeal da Santa Igreja Romana
Vigário-Geral de Sua Santidade para a Diocese de Roma
Atividade eclesiástica
Diocese Diocese de Roma
Nomeação 10 de março de 1511
Predecessor Pietro Accolti
Sucessor Andrea Giacobazzi
Mandato 1511 - 1520
Ordenação e nomeação
Nomeação episcopal 8 de novembro de 1511
Cardinalato
Criação 1 de julho de 1517
por Papa Leão X
Ordem Cardeal-presbítero
Título São Lourenço em Panisperna (1517-1528)
São Bartolomeu na Ilha Tiberina (1517-1519)
São Clemente (1519-1527)
Dados pessoais
Nascimento Roma
1444
Morte Roma
2 de julho de 1527 (83 anos)
Nacionalidade italiano
dados em catholic-hierarchy.org
Cardeais
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

Primeiros anos editar

Nasceu em Roma em 1444 Roma. De família patrícia. Terceiro dos cinco filhos de Cristoforo Giacobazzi de Facheschis. Seu sobrenome também está listado como Giacobacci; como Jacobazzi; como Jacobácio; e como Jacobatii. Tio do Cardeal Girolamo Verallo (1549).[1]

Educação editar

Estudou teologia e utroque iure , tanto direito canônico quanto civil. (Nenhuma informação educacional adicional encontrada).[1]

Juventude editar

Advogado consistorial, 1485. Auditor da Sagrada Rota Romana, 1493; mais tarde, seu reitor. Cânon do capítulo da basílica patriarcal do Vaticano, 1503.[1]

Episcopado editar

Eleito bispo de Nocera dei Pagani, 8 de novembro de 1511; renunciou ao governo da sé em favor de seu irmão Andrea Giacobazzi, em 14 de agosto de 1517. Consagrado (nenhuma informação encontrada). Participou do Quinto Concílio de Latrão. Presidente do Arquiginásio de Roma. Vigário geral do papa.[1]

Cardinalato editar

Criado cardeal sacerdote no consistório de 1º de julho de 1517; recebeu o chapéu vermelho e o título de S. Lorenzo em Pansiperna, 6 de julho de 1517. Optou pelo título de S. Bartolomeo all'Isola, 10 de julho de 1517; manteve em comenda o título de S. Lorenzo em Pansiperna até sua morte. Optou pelo título de S. Clemente, 20 de agosto de 1519. Administrador da sé de Cassano, de 2 de dezembro de 1519 até 23 de março de 1523. Participou do conclave de 1521-1522 , que elegeu o Papa Adriano VI. Participou do conclave de 1523, que elegeu o Papa Clemente VII. Camerlengo do Sagrado Colégio dos Cardeais, de 11 de janeiro de 1527 até sua morte. Nomeado novamente bispo de Nocera dei Pagani com a morte de seu irmão, o bispo Andrea, em 1524; ocupou a sé até sua morte (1) . Compôs um tratado sobre a história dos concílios que teve várias edições.[1]

Morreu em Roma em 2 de julho de 1527. Sepultado na igreja de S. Eustáquio, Roma.[1]

Referências

  1. a b c d e f «Domenico Giacobacci» (em inglês). cardinals. Consultado em 30 de novembro de 2022