Dordrecht

Dordrecht
Dordrecht wapen.svgFlag of Dordrecht.svg
Dordrecht bibliotheek.jpg
Geografia
País
Província
Parte de
Alblasserwaard-Drechtsteden (d)
Capital de
Banhado por
Oude Maas (en)
Beneden Merwede (en)
Dordtsche Kil (en)
Hollands Diep (en)
Área
99,45 km2
Altitude
1 m
Coordenadas
Map - NL - Municipality code 0505 (2009).svg
Demografia
População
119 115 hab. ()
Densidade
1 197,7 hab./km2 ()
Gentílico
Dordrechtenaar
Dordtenaar
Funcionamento
Estatuto
Presidente
Wouter Kolff (d) (a partir de )
Contem as localidades
Wieldrecht (en)
Q2105351
Q2123458
Kop van 't Land (d)
Dordrecht (d)
Geminações
Varna
Recklinghausen
Hastings
Bamenda
Dordrecht, Eastern Cape (en)
identidade
Brasão
Bandeira
flag of Dordrecht (d)
Identificadores
Código postal
3300–3329
TGN
Prefixo telefônico
078
Website

Pronunciação

Dordrecht (Loudspeaker.svg? uitspraak) é uma cidade neerlandesa.

Foi fundada em 1008 e, com sua população de 118 601 habitantes (30 de novembro de 2009, fonte: CBS), é a quarta cidade da província neerlandesa da Holanda do Sul (neerlandês: Zuid-Holland). Está localizada no lugar onde o rio Merwede bifurca-se em Norte e Velho Maas (Oude Maas).

Dordrecht ocupa toda a Ilha de Dordrecht, formada por rios, lagos e ribeiras. Seus habitantes muitas vezes denominam a cidade com o nome de Dordt.

Arno Brok (do partido VVD) é desde fevereiro de 2010 o prefeito de Dordrecht. Ele sucede a Ronald Bandell (do partido PvdA), que ocupou o posto desde 2000.

O cientista e político Johan de Witt é natural de Dordrecht.

Encontro dos três rios, vista aérea, com Dordrecht à direita. A norte do rio está Papendrecht, a oeste Zwijndrecht.

HistóriaEditar

Dordrecht foi pela primeira vez mencionada em texto do século XII, quando a cidade ainda se chamava Thuredrech, e adquiriu estatuto de cidade em 1220. Na Idade Média, mais precisamente após 1421, quando Dordrecht foi repentina religada ao mar, graças à inundação de Santa Elisabete, a cidade adequiriu situação estratégica e desenvolveu-se como importante cidade de comércio de víveres (principalmente vinho, madeira e grãos) e chegou a ser uma das seis maiores cidades do então Condado da Holanda. O centro antigo da cidade testemunha ainda hoje aquele rico passado. Como marcas desse período, existem na cidade um grande armazém com o nome de "Bordeaux" (região produtora de vinhos, em França) e a Rua do Vinho.

Além disso, encontra-se em Dordrecht o liceu clássico mais antigo dos Países-Baixos, estabelecido em 1253 e denominado atualmente Johan de Witt-gymanasium.

Em 14 de fevereiro de 1489, dois tratados de aliança política foram assinados em Dordrecht, contra o rei da França, no contexto da Guerro Franco-Bretão (1489–1491): um entre o Reino Unido e a Áustria, e o outro entre a Áustria e a Espanha.

Em 1619, realizou-se na cidade um importante sínodo reformado, com os representantes de numerosas igrejas europeias, que teve como objetivo a condenação do arminianismo (Canons de Dordrecht) e afirmou a doutrina do supralapsarianismo (na ordem dos decretos divinos, o da predestinação precede a permissão para a queda de Adão, e não é dele consequência, o que "excluía toda participação do homem na obra da salvação", que não é concedida em razão de seu pecado. A "Confessio Belgica" e o Catecismo de Heidelberg foram adotados como fundamentos da fé reformada. Os opositores a essa posição fundaram então as comunidades dos "protestantes", igrejas reformadas liberais que existem ainda hoje na Holanda. Esse conflito teológico deve também ser entendido no contexto das disputas políticas e sociais entre os "orangistas" e a burguesia republicana da época.

PersonalidadesEditar

  Este artigo sobre a geografia dos Países Baixos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.