Abrir menu principal

Dwekh Nawsha (em siríaco: ܕܒܝܚ ܢܦܫܐ; literalmente "aquele que sacrifica") é uma organização militar, criada em meados de 2014, a fim de defender os cristãos assírios iraquianos do Estado Islâmico do Iraque e do Levante, e possivelmente retomar suas terras atualmente controladas pelo grupo jihadista.

Ao contrário das Unidades de Proteção do Planalto de Nínive, que são independentes do Governo Regional do Curdistão e do Peshmerga, o Dwekh Nawsha opera em coordenação com eles. [1]

Apesar de ser liderado pelo Partido Patriótico Assírio, a maioria dos milicianos não são membros do partido. [1] Vários combatentes estrangeiros se juntaram ao Dwekh Nawsha; [2] que incluem americanos e australianos[3]

Referências

  1. a b Henderson, Peter (30 de Outubro de 2014). «Iraq's Christian paramilitaries split in IS fight». Al-Monitor 
  2. Paraszczuk, Joanna (19 de fevereiro de 2015). «The American Vets Fighting Against IS (And They're Not Mercenaries)». Radio Free Europe Radio Liberty 
  3. Collard, Rebecca (27 de Março de 2015). «Meet the Americans Who Have Joined an Iraqi Militia to Fight ISIS». Time 
    Oakes, Dan; Dredge, Suzanne (16 de fevereiro de 2015). «Islamic State: Australian man joins 'self sacrificers' group Dwekh Nawsha fighting militants in Iraq, calls for international support». Australia: ABC News