Abrir menu principal
Editora Ática
editora
Fundação 1965
Fundador(es) Anderson Fernandes Dias
Vasco Fernandes Dias
Antônio Narvaes Filho
Sede São Paulo
Proprietário(s) Somos Educação (Antiga Abril Educação)
Produtos livros
Faturamento AumentoR$ 269,899 Milhões (2010)[1]
Antecessora(s) Sociedade Editora Santa Inês Ltda.
Website oficial www.atica.com.br

A Editora Ática é uma editora que está entre as líderes no setor de livros escolares no Brasil. A empresa, que contabiliza hoje mais de 2300 títulos em catálogo e cerca de 1100 autores diferentes, fez história com obras e coleções que marcaram época. Um dos mais famosos exemplos é a Coleção Vagalume.

Ao longo de mais de quatro décadas, a editora introduziu práticas, conceitos e técnicas inovadoras. Uma dessas inovações foi o "Livro do Professor", que trazia textos de orientação didática, propostas de dinâmica de grupo e planejamento dos conteúdos, além das respostas para os exercícios dos alunos.

Índice

HistóricoEditar

Em 15 de outubro de 1956, foi fundado o Curso de Madureza Santa Inês, para a educação de jovens e adultos, pelos irmãos Anderson Fernandes Dias e Vasco Fernandes Dias Filho e pelo amigo Antonio Narvaes Filho. Com o passar do tempo, mediante o crescente número de alunos, o mimeógrafo tornou-se insuficiente para imprimir as apostilas, e em 1962 foi criada a Sociedade Editora Santa Inês Ltda. (Sesil).

Anderson Fernandes Dias, porém, defendeu a criação de uma editora. Assim, a Editora Ática surgiu em agosto de 1965, e no ano seguinte, já apresentava 20 títulos em seu catálogo.

Começaram a produzir manuais para professores[2] e, em 1970, havia uma tiragem de 400 mil exemplares de estudo dirigido de português, e o livro foi bem acolhido pelo público, e a Editora não parou mais de investir, diversificando sua linha editorial.

Em 1999, a Ática foi comprada pela Editora Abril, numa parceria com o grupo francês Vivendi.

Em 2002, a Vivendi vendeu suas empresas do ramo de publicações para o grupo francês Lagardère, mas a Editora Ática ficou fora dessa transação comercial.

Em 2003, os dois acionistas controladores da Ática – Abril e Vivendi – puseram novamente a Editora à venda. Após um ano de negociações, foram adquiridos pela Editora Abril, em fevereiro de 2004, os ativos financeiros da Vivendi, tornando-se a sócia majoritária da Editora Ática, inaugurando uma nova fase na história da empresa, que passou a fazer parte da Abril Educação. No início de 2005, a editora passou a funcionar no prédio do Edifício Abril, na Marginal Pinheiros.

Ver tambémEditar

Notas e referências

Referências bibliográficasEditar

Ligações externasEditar


  Este artigo sobre uma empresa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.