Eduardo Martins

jornalista brasileiro
Eduardo Martins
Nascimento 26 de julho de 1939
Cáceres
Morte 13 de abril de 2008 (68 anos)
São Paulo
Cidadania Brasil
Ocupação jornalista

Eduardo Martins (Cáceres, 26 de julho de 1939São Paulo, 13 de abril de 2008) foi um jornalista brasileiro.

BiografiaEditar

Trabalhou durante toda a vida no jornal O Estado de S. Paulo, tendo começado lá em 1956, como colaborador, aos 17 anos, criando palavras cruzadas.[1] Em 1960, começou como redator e foi ainda repórter, editor, editor-chefe e chefe do arquivo do jornal.

Foi o autor do Manual de Redação e Estilo do Estado, cuja edição foi lançada em 1990 e reeditada duas vezes, e do livro Com Todas as Letras: o Português Simplificado, coletânea de colunas que escrevia todos os sábados no suplemento Estadinho. A coluna, chamada "De Palavra em Palavra", foi publicada até a véspera de sua morte, por insuficiência respiratória e tumor na bexiga.[2] Manteve por anos um programa com o mesmo nome da coluna na Rádio Eldorado e recebeu o prêmio de melhor entretenimento na área cultural pela Associação Paulista de Críticos de Arte, em 2001.[1]

Obras publicadasEditar

  • Manual de Redação e Estilo - O Estado de S. Paulo, 1990
  • Com Todas as Letras: o Português Simplificado, Editora Moderna, 1999
  • Uso do Hífen, Editora Manole, 2006
  • Os 300 Erros Mais Comuns da Língua Portuguesa, inédito, 2008

Referências

  1. a b "Morre em São Paulo o jornalista Eduardo Martins", Estadao.com.br, 13/4/2008
  2. "Eduardo Martins morre aos 68 em SP", José Maria Mayrink, Jornal da Tarde, 14/4/2008, pág. 4A