Eduardo Mignogna

Eduardo Mignogna
Nascimento 17 de agosto de 1940
Buenos Aires
Morte 6 de outubro de 2006 (66 anos)
Buenos Aires
Cidadania Argentina
Ocupação diretor de cinema, roteirista, poeta
Causa da morte câncer

Eduardo Mignogna (Buenos Aires, 17 de agosto de 1940 – Buenos Aires, 6 de outubro de 2006) foi um diretor e roteirista (de cinema), dramaturgo e escritor argentino.

Diretor de filmes prêmiados como: "Sol de otoño" (1996), "El Faro" (1998) e "La Fuga" (2001), Eduardo também foi diretor de documentários para a televisão argentina e escritor, vencendo o prêmio Casa de las Américas com o livro "Cuatrocasas".

FilmografiaEditar

  • El viento, 2005;
  • Cleopatra, 2003;
  • Cartoneros de Villa Itatí, 2003;
  • La fuga, 2001 (prêmio Goya);
  • Adela, 2000;
  • El Faro, 1998 (prêmio Goya);
  • Sol de otoño, 1996 (prêmio Goya);
  • El beso del olvido, (para a televisão) 1991;
  • Flop, 1990;
  • Evita - quien quiera oír que oiga, 1983.

Obras literáriasEditar

  • La señal (novela, 2002);
  • La fuga (novela, 1999);
  • Cuatrocasas (1976 prêmio Casa de las Américas);
  • En la cola del cocodrilo (novela, 1971).

Ligações externasEditar

Referências