Eletrolaser

Um eletrolaser é um tipo de arma de eletrochoque e/ou uma arma de energia dirigida. Ela usa lasers para formar um canal de plasma induzido por laser (CPIL) eletricamente condutor. Uma fração de segundo depois, uma poderosa corrente elétrica é enviada para esse canal de plasma e mandada para o alvo, assim, como um funcionamento global como uma versão de larga escala, de alta energia e longa distância da Taser.

Uma corrente alternada é enviada através de uma série transformadores, aumentando a voltagem e diminuindo a corrente.

Canal de plasma induzido por laserEditar

Um canal de plasma induzido por laser (CPIL) é formado pelo seguinte processo:

  • Um dispositivo de laser emite um raio laser no ar.
  • O raio de laser rapidamente esquenta e ioniza os gases ao redor, formando assim o plasma.
  • O plasma forma um canal de plasma eletricamente condutor.

Por um canal de plasma induzido por laser depender de ionização, deve haver gás entre a arma de eletrolaser e seu alvo. Se a frequência emitida pelo raio laser possuir energia suficiente para ionizar o gás (vide Efeito fotoelétrico), de preferência o nitogênio, ele irá romper a ligação dos elétrons da moléculas do ar criando plasma.[1]

AplicaçõesEditar

Métodos de uso:

  • Incapacitar um humano ou um animal através de um choque elétrico.
  • Danificar, incapacitar ou mesmo destruir dispositivos elétricos e eletrônicos.
  • Como tanto eletrolaser quanto raios usam canais de plasma para conduzir corrente elétrica, o primeiro pode intensificar um canal de plasma induzido por luz para usos como:

Exemplos de eletrolasersEditar

Applied Energetics / IonatronEditar

A companhia aberta Applied Energetics (antiga Ionatron) desenvolve armas de energia dirigida para as Forças Armadas dos Estados Unidos. A companhia tem produzido um dispositivo chamado Joint IED Neutralizer (JIN), que foi considerado impróprio para uso em 2006.[3] O JIN será utilizado para detonar artefatos explosivos improvisados (AEI) com segurança. Futuros projetos incluem armas montadas em veículos de terra, ar e mar e também uma versão de infantaria móvel.

Applied Energetics salientou que as armas conterão com a opção não letal.

Applied Energetics / Ionatron declararam que estão trabalhando em um sistema eletrolaser, chamado LGE (Laser Guided Energy, em tradução livre, Energia Guiada por Laser)[4] A empresa também estuda um canal de plasma induzido por laser (CPIL) para emprego em sistemas de segurança, permitindo apenas a entrada de pessoas autorizadas.[5]

HSV TechnologiesEditar

HSV Technologies, antigamente de San Diago, california, está desenvolvendo um dispositivo não-letal que teve seu perfil traçado em 2002 no artigo "Beyond the Rubber Bullet" (em livre tradução, "Além da bala de borracha"), da revista TIME. Trata-se de um eletrolaser que usa raios laser ultravioleta de 193 nm, e promete imobilizar alvos vivos à distância, portanto, sem necessitar de contato. Há planos para uma variante capaz de incapacitar motores, que terá entre os seus usos o de atacar ignições eletrônicas usando um laser de 248 nm.[6]

Picatinny ArsenalEditar

Cientistas e engenheiros da Picatinny Arsenal demonstraram que uma descarga elétrica pode fluir através de um raio laser. Tal raio conta com autofoco devido a sua extrema intensidade de 50 bilhões de Watts, capaz até de mudar a velocidade da luz no ar.[7] Testes em janeiro de 2012 obtiveram sucesso.[8]

Dispositivos similaresEditar

Tem sido feito experimentos com uso de raio laser com o objetivo de descarregar cargas elétricas naturais no ar, causando um "raio acionado por laser".[2][9][10][11][12][13]

ReferênciasEditar

  1. http://www.bbc.co.uk/news/technology-18630622
  2. a b B. Forestier, A. Houard, I. Revel, M. Durand, Y. B. André, B. Prade, A. Jarnac, J. Carbonnel, M. Le Nevé, J. C. de Miscault, B. Esmiller, D. Chapuis, and A. Mysyrowicz (2012). «Triggering, guiding and deviation of long air spark discharges with femtosecond laser filament». AIP Advances. 2 (1). Bibcode:2012AIPA....2a2151F. doi:10.1063/1.3690961 
  3. Schachtman, Noah (21 de maio de 2006). «Real-Life Ray Gun: Say When?». Consultado em 10 de novembro de 2007. Arquivado do original em 3 de outubro de 2011 
  4. [1]
  5. «Cópia arquivada». Consultado em 16 de janeiro de 2014. Arquivado do original em 17 de janeiro de 2014 
  6. «HSV Technologies official website». Consultado em 12 de abril de 2019. Arquivado do original em 18 de abril de 2018 
  7. Kaneshiro, Jason. "Engenheiros da Picatinny estabelecem phasers para 'fritar'" Picatinny Arsenal, 21 June 2012. Retrieved: 13 July 2012.
  8. BBC notícias - Arma de raio laser desenvolvida pelo exército dos EUA
  9. «"UNM researchers use lasers to guide lightning"». Consultado em 16 de janeiro de 2014. Arquivado do original em 9 de julho de 2012  from University of New Mexico
  10. «Laser-triggered lightning discharge»  from the New Journal of Physics
  11. «Laboratory tests of laser-induced lightning discharge»  from Optics InfoBase
  12. «"The electric field changes and UHF radiations caused by the lightning in Japan"»  from Kawasaki Lab
  13. «"A laser-induced lightning concept experiment"»  from Harvard University