Abrir menu principal
Out of date clock icon.svg
Este artigo ou seção pode conter informações desatualizadas. Se sabe algo sobre o tema abordado, edite a página e inclua informações mais recentes, citando fontes fiáveis e independentes.
Elias de Sousa Carmo
Deputado estadual de  Minas Gerais
Período 1 de fevereiro de 1947
até 31 de janeiro de 1951
Deputado federal por  Minas Gerais
Período 1 de fevereiro de 1963
até 31 de janeiro de 1975
Dados pessoais
Nascimento 21 de abril de 1909
Amparo da Serra
Morte 12 de outubro de 2005 (96 anos)
Belo Horizonte
Partido UDN e ARENA
Profissão Advogado

Elias de Sousa Carmo (Amparo da Serra, 21 de abril de 1909) foi um advogado e político brasileiro do estado de Minas Gerais. Foi deputado estadual em Minas Gerais pela UDN de 1947 a 1951 [1] e deputado federal pela UDN e ARENA de 1963 a 1975. [2]

Nasceu no então distrito de Ponte Nova, atualmente município de Amparo da Serra, filho de Benjamin Augusto do Carmo e Teolinda de Sousa Carmo. Fez seus estudos primários e secundários em Figueira do Rio Doce (hoje Governador Valadares). Graduou-se em Direito em 1930 na então Universidade do Brasil (hoje UFRJ) no Rio de Janeiro e exerceu a profissão de advogado durante toda a vida.

Foi eleito deputado estadual, pela UDN, para a 1ª Legislatura da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, de 1947 a 1951, sendo substituído pelo dep. Simão Vianna da Cunha Pereira no período de 6 a 20/12/1947. Atuou como deputado federal, como suplente, de 1951 e 1962 e como efetivo entre 1963 e 1975 (1963-1967 pela UDN e 1967-1975 pela ARENA).[2]

Foi presidente regional da UDN em Minas Gerais no período de 1959 a 1961. Foi Primeiro Secretário da Câmara dos Deputados em 1971-72 [2]. Foi nomeado Secretário do Interior e Justiça de Minas Gerais, cargo que exerceu de 1977 e 1979.

Foi Presidente da MinasCaixa em 1961-62, Diretor da Financeira BEMGE de 1975 a 1977 e Vice-presidente do BEMGE entre 1979 e 1983.

Referências