Abrir menu principal
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde abril de 2010). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Emílio Rangel Pestana (São Paulo, 183615 de novembro de 1898) foi negociante de capitais (compra e venda de títulos e ações), fundador da Bolsa de Valores de São Paulo (BOVESPA) em agosto de 1890. Emílio Rangel Pestana iniciou a Bolsa de Valores de São Paulo com um simples escritório na capital paulista, escritório este de agente de negócios, oferecendo serviços inéditos como por exemplo a compra e venda de títulos e intermediações em operações bancárias, atraindo um grande número de clientes. Incentivado pelo sucesso da sua idéia, resolveu fundar um centro coordenador para as operações mobiliárias, que servisse também para orientar o público aplicador. Instalado no prédio da Rua Rosário, posteriormente renomeada João Brícola, foi constituída como uma associação que vendia e comprava, por meio do pregão, títulos de companhias e bancos. Contando, inicialmente, com 93 membros, foi a primeira Bolsa independente do país e a única a funcionar fora da Capital Federal. Sua inauguração ocorreu na gestão de Rui Barbosa no Ministério da Fazenda, durante o "encilhamento".

Está sepultado no Cemitério da Consolação.

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.