Abrir menu principal
Erik Killmonger
Black Panther Vol4 37.jpg
Outro(s) nome(s) N' Jadaka
Espécie Humano místicamente aprimorado
Ocupação Inimigo do Pantera Negra
Terra Natal Wakanda
Criado por Don McGregor (escritor)
Rick Buckler (artista)
Primeira aparição Jungle Action #6 (Setembro de 1973)
Editora(s) Marvel Comics
Situação presente Ativo

Erik Killmonger (também conhecido como N' Jadaka) é um supervilão fictício das histórias em quadrinhos da Marvel Comics. Criado por Don McGregor e Rich Buckler, sua primeira aparição na história em quadrinhos Jungle Action #6 (Setembro de 1973). Killmonger, cujo nome de nascimento é N'Jadaka, é o inimigo do Pantera Negra.

Michael B. Jordan interpreta o personagem no filme Pantera Negra de 2018, parte do Universo Marvel Cinematográfico.

Índice

Publicação originalEditar

Erik Killmonger apareceu pela primeira vez no arco "Panther's Rage" ("A Fúria do Pantera") da revista Jungle Action vol. 2, #6-8 (de setembro de 1973 a janeiro de 1974), e foi criado pelo escritor Don McGregor e pelo artista Rich Buckler.[1][2]

O personagem posteriormente apareceu nas revistas Jungle Action vol. 2, #12-18 (de novembro de 1974 a novembro de 1975), Iron Man Annual #5 (1982), Over the Edge #6 (abril de 1996), Black Panther vol. 3, #13 (dezembro de 1999), #15-16 (fevereiro e março de 2000), #18-21 (de maio a agosto de 2000), Deadpool #44 (setembro de 2000), Black Panther vol. 3, #23-25 (de outubro a dezembro de 2000), #60 (julho de 2003) e Black Panther vol. 4, #35-38 (de maio a setembro de 2008).

Republicação no BrasilEditar

A história de estreia de Erik, "O Terror Negro" (como ele ficou conhecido no Brasil) foi mostrada na revista mensal Superaventuras Marvel n.º 2 (agosto de 1982) da Editora Abril sob o título "Sangue na Selva" que fez parte do arco "A Fúria do Pantera".

Biografia ficcionalEditar

Origem e backgroundEditar

Killmonger nasceu em 9 de Setembro de 1987 em Wakanda, o país governado por T'Chaka, o Pantera Negra e nasceu sob o nome N'Jadaka.[2][3] Quando Ulysses Klaw, o Garra Sônica, e seus mercenários atacaram Wakanda, eles forçaram o pai de N'Jadaka para ajudá-los a invadir o país para roubar o valioso vibranium;[2] quando Klawe foi derrotado, o seu pai morreu e sua família foi exilada.[3] N'Jadaka acabou no Harlem, Nova York, nutrindo um ódio contra Ulysses e T'Chaka, o rei que o tinha exilado.[2][3] Ele mudou seu nome para Erik Killmonger e estudou no Instituto de Tecnologia de Massachusetts, desesperado para vingar a morte de seu pai.[3]

MorteEditar

Já na América e com o nome Killmonger, desenvolveu um ódio profundo pelo Pantera Negra.[2] Depois de um certo tempo, foi convocado pelo Rei T'Challa e repatriado de volta para Wakanda, fixando-se em uma aldeia que mais tarde mudaria seu nome para Vila N'Jadaka, em sua honra.[3] Apesar dos esforços de T'Challa em compensá-lo, repatriando-o e dando-lhe um lugar para viver em Wakanda, Killmonger tentava frequentemente destrona-lo e acabar com o reinado dos Pantera Negra.[2] Ele se tornou um subversivo, uma espécie de revolucionário, com sonhos de libertar Wakanda do que ele chamou de "colonialistas brancos" com influências culturais e devolver Wakanda inteiramente a seus modos antigos.[3] Ele então aproveitou a frequente ausência do Pantera Negra nos Estados Unidos com os Vingadores para encenar um golpe de Estado, junto com Barão Macabro.[3] Ele foi derrotado e morto[4], até que o Mandarim reclamou seu corpo.[5]

RessurreiçãoEditar

Usando seus anéis, o Mandarim foi capaz de amplificar o Altar Ressurreição e restaurá-lo à vida. Killmonger voltou para sua amante e aliada, Senhora Slay e os dois conspiraram para matar o Pantera Negra, e fazer Wakanda retornar aos seus caminhos antigos.

Enquanto Tony Stark visitou Wakanda, Senhora Slay drogou James Rhodes e levou-o prisioneiro. Killmonger parecia ter matado o Pantera Negra, e culpou Rhodes e Stark, convenceram os Wakandanos que ele poderia levá-los a vingança. O Pantera Negra voltou, revelando que ele tinha falsificado a sua morte usando um LMD. O Pantera Negra derrotou Killmonger. O Mandarin recordou o seu anel, e Killmonger revertido para um esqueleto inanimado. Os seguidores de Killmonger ressuscitaram ele novamente e ele iria colidir com T'Challa em diversas outras ocasiões.

WakandaEditar

Na esteira do feiticeiro a tentativa de aquisição de Wakanda do Reverendo Achebe, com T'Challa ausente e o controle do país com seu regente Everett Ross, Killmonger tentou ganhar o controle do país através de sua economia, forçando T'Challa para detê-lo por nacionalizando todas as empresas estrangeiras em Wakanda e causar uma corrida ao mercado de ações. Os dois inimigos lutaram em um combate ritual vicioso sobre o direito de governar o país, e Killmonger finalmente foi capaz de derrotar seu inimigo e ganhar o estatuto de Pantera Negra para o seu próprio. Ele manteve o controle de Wakanda por um tempo e até mesmo uma tentativa de herdar estatuto de Vingador de T'Challa, mas quando ele sofreu o rito de ascensão necessária para cimentar a sua posição, seu corpo teve uma reação grave para a erva em forma de coração que ele foi obrigado a consumir - era venenoso para todos, menos a linhagem real. Embora teria sido conveniente para permitir que ele morrer, e ser, sem dúvida, o direito de a posição do Pantera Negra, T'Challa preservada a vida de seu rival.

Killmonger acabou por sair do coma, recuperando assim a sua posição como chefe sobre Wakanda. Ele foi para Nova York e contactado Kasper Cole, um policial que aparece como o Pantera Negra para ajudá-lo com os casos, e tentou ganhar-lo como um aliado , oferecendo-lhe uma versão tamponada da erva em forma de coração do Pantera e de ajuda para encontrar o filho seqüestrado de seu supervisor. Em troca, ele teve de abandonar a identidade Pantera e assumir a de um acólito Tigre Branco do culto Pantera, e seria dever Killmonger um favor. Enquanto Kasper concordou com isso, então ele usou suas novas habilidades erva-aprimorado para rastrear o menino em seu próprio para evitar devido Killmonger uma dívida impagável.

T'Challa é, então, mais uma vez o único governante de Wakanda quando Killmonger ressurge.[6]

Poderes e habilidadesEditar

Killmonger é um estrategista brilhante e um cientista que obteve o seu PhD no MIT. É também um habilidoso lutador de artes marciais, capaz de enfrentar os melhores guerreiros de Wakanda, incluindo o Pantera Negra.[2]

Graças à versão sintética da "erva em forma de coração", Killmonger também tem poderes sobre-humanos.[7] Tal como o soro que deu a Steve Rogers as capacidades de Capitão América, esta erva eleva a velocidade, resistência e força de Killmonger para níveis super-humanos.[2]

E como se isso não fosse suficiente, Killmonger utiliza frequentemente um uniforme resistente, capaz de disparar raios de energia e injectar veneno nos seus oponentes. Adicionalmente, possui um grupo de leopardos treinados e seguidores fanáticos que utilizam magia negra em favor do seu mestre.[2]

Sintetizando tudo: poderes como sentidos extremamente aguçados garantindo a capacidade de, até mesmo, enxergar no escuro, força, velocidade, durabilidade, agilidade, reflexos e vigor descomunais, nada a níveis muito super-poderosos, mas com certeza muito acima de qualquer humano comum.[7]

Em outras mídiasEditar

FilmeEditar

 
Michael B. Jordan em 2015

Killmonger aparece no filme solo do Pantera Negra (2018), como grande vilão do espetáculo, sendo interpretado por Michael B. Jordan.[8][9] Nascido Erik Stevens, soldado de operações especiais americano, ele adota vários nomes: Killmonger, um apelido criado em função do número de assassinatos que cometeu, cada um deles registrados em sua pele por escarificação; e N’Jadaka, seu nome na língua de Wakanda.[9]

Vídeo gamesEditar

MúsicaEditar

Referências

  1. «Conheça tudo sobre Killmonger, o vilão de Pantera Negra». Legião dos Heróis. 17 de junho de 2017 
  2. a b c d e f g h i j «História dos Comics: Killmonger, o vilão de Black Panther». IGN Portugal. 3 de julho de 2017 
  3. a b c d e f g «Conheça tudo sobre Killmonger, o vilão de Pantera Negra». Legião dos Heróis. 17 de junho de 2017 
  4. McGregor, Don (r), Graham, Billy (d). "Of Shadows and Rages" Jungle Action #17 (setembro de 1975). Nova Iorque: Marvel Comics.
  5. Gillis, Peter B. (r), Bingham, Jerry (d). "For War and Remembrance" Iron Man Annual #5 (1982). Nova Iorque: Marvel Comics.
  6. Black Panther (3rd Series) #35 (April 2008)
  7. a b «Conheça tudo sobre Killmonger, o vilão de Pantera Negra». Legião dos Heróis. 17 de junho de 2017 
  8. «SDCC 2016: Marvel's 'Black Panther' Confirms Additional Cast | News |Marvel.com» (em inglês). marvel.com. Consultado em 20 de agosto de 2016 
  9. a b «Resenha: Pantera Negra é um grande espetáculo - UNIVERSO HQ». www.universohq.com. Consultado em 28 de abril de 2018 
  10. Paget, Mat (17 de março de 2016). «Lego Avengers DLC Season Pass Detailed». GameSpot (em inglês). Consultado em 28 de abril de 2018 
  11. «Erik Killmonger (Character) - Comic Vine». Comic Vine (em inglês). Consultado em 28 de abril de 2018 
  12. «The King of Wakanda Rules Marvel Games». News | Marvel.com (em inglês). Consultado em 28 de abril de 2018 
  13. «CHAMPION SPOTLIGHT - KILLMONGER». Marvel Contest of Champions (em inglês). 14 de fevereiro de 2018 
  14. «Pantera Negra | A trilha sonora faixa a faixa». Omelete 
  15. «Kendrick Lamar - Black Panther: The Album | Crítica». Omelete 

Ligações externasEditar