Espéculo

Um espéculo é um instrumento com o qual o médico é capaz de enxergar, e examinar, o interior de uma cavidade do paciente, cuja forma dificulte essa abordagem direta.

Espéculo vaginal de plástico.

Com objetivo semelhante ao endoscópio, difere na forma de visualização: o espéculo visa facilitar a visão do médico diretamente através do orifício, enquanto que o endoscópio utiliza uma fonte de luz e um visualizador de imagem.

Espéculos vaginais e anais já eram usados na Grécia Antiga e Roma Antiga.[1]

Podem ser para uso vaginal, retal, nasal, auricular ou oral. Entretanto, o mais conhecido é o vaginal.

Referências

  1. Univ. of Virginia. «Surgical Instruments from Ancient Rome (com imagens)». Consultado em 3 de setembro de 2009 
 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Espéculo
  Este artigo sobre Semiologia (médica) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.