Diferenças entre edições de "Doença espiritual"

596 bytes removidos ,  21h14min de 5 de junho de 2009
m
removido os trechos parciais, mas é necessário melhores referências
(artigo tendencioso e anti-ético)
m (removido os trechos parciais, mas é necessário melhores referências)
{{parcialreferências}}
 
'''Este artigo parte da premissa que a Medicina Ocidental prevalece sobre (e até insinua que é mais correta que ) a Medicina Oriental.'''
<br/><br/>
 
A chamada '''doença espiritual''' é aquela que se diz ter origem no [[espírito]] de um indivíduo.
 
Sob a ótica [[Doutrina espírita|espírita]] e religiosa de maneira geral, as doenças têm origem e solução no próprio indivíduo<ref>Facure, Núbor. Artigo ''Os enigmas da mente'', Revista Universo Espírita, Ano 3, N° 35. Página 8.</ref>. Essa é uma visão religiosa totalmente ultrapassada, pois sabemos que sem o tratamento adequado e estabelecido pela ciência médica, uma pessoa falece independente de suas crenças pessoais.
 
 
==Motivações==
Para o neurocientista Núbor Facure, "toda doença, de qualquer natureza, tem sempre uma motivação espiritual". Assim, de acordo com esse Senhor, uma epidemia de [[dengue]], por exemplo, não se daria por motivos sanitários que acarretam a transmissão do virus, mas por motivos espirituais. Assim visto, trata-se de mais um absurdo explorado por [[curandeiro]]s.
Segundo a literatura espírita, pode-se ter como motivação espiritual o aprendizado que um espírito, ou grupo de espíritos, precisa ter e que só se consegue através de enfermidades que agem sobre o corpo. Ou ainda, as enfermidades servirem como "freios" para vícios que o espírito costuma reincidir ao longo de diversas reencarnações. Assim, um recém nascido que falece por doença estaria tendo seus "vícios" freados.
 
 
==Classificações==
42 097

edições