Diferenças entre edições de "Lado A e lado B"

1 byte adicionado ,  23h28min de 4 de julho de 2009
sem resumo de edição
m (wpcheck, typos fixed: albuns → álbuns (2), catalogo → catálogo (2), decada → década, declinio → declínio, metodos → métodos, musica → música (5), substituid utilizando AWB)
Na [[Indústria da música]], '''''A-side''''' e '''''B-side''''' ([[língua portuguesa|em português]]: '''Lado A''' e '''Lado B''' respectivamente) são expressões que estão associadas diretamente aos [[disco de vinil|discos de vinil]]. Historicamente, o ''B-side'' dos discos era composto por [[canção|canções]] diferenciadas, experimentais, alternativas. As [[banda musical|bandas]] aproveitavam o fato de que as pessoas precisavam parar e mudar o disco de lado para potencializar a quebra de fluxo e entregar leituras diferenciadas de seu próprio trabalho. Muito [[artista]]s, grandes [[compositor]]es e [[cantor]]es popor exemplo, já declararam que em seus discos de vinil que o ''B-side'' era o seu lado autêntico, a sua essência e que o ''A-side'' de seus discos continha as canções mais comerciais (ex.: [[Ray Charles]]). ''B-side'' remete ao não comercial, ao alternativo, a segunda face de alguma coisa, a diversidade, espontaneidade, ao lado oposto e ao lado bom.
 
== História ==
Utilizador anónimo