Abrir menu principal

Alterações

2 bytes removidos ,  20h01min de 24 de novembro de 2010
m
sem resumo de edição
Segundo a tradição cristã, o [[apóstolo]] teria escrito quatro cartas à Igreja em Corinto, das quais duas encontram-se perdidas atualmente, de maneira que II Coríntios pode ter sido a quarta epístola.
 
Em [[I Coríntios]], Paulo havíahavia dado várias advertências e ensinamentos aos cristãos dessa cidade. Contudo, alguns falsos mestres questionaram sua autoridade apostólica, caluniando-o.
 
==Autoria==
 
==Data==
A data provável que a epístola foi escrita teria sido por volta dos anos [[55]] a [[57]] da era cristã, poucos meses depois da primeira carta, quando Paulo encontrava-se em algum lugar da [[província]] romana da [[Macedônia]], em sua terceira viagem missionária. Na ocasião, o apóstolo estava visitando as igrejas que havíahavia fundado em sua segunda viagem.
 
De acordo com alguns estudos, esta epístola pode ter sido escrita durante o final do verão ou no outono do ano [[56]] já que havíahavia prometido passar o inverno em Corinto.
 
==Conteúdo==
Em sua segunda epístola aos coríntios, Paulo, colocando-se como um humilde servo de [[Cristo]], lembra aos seus leitores sobre o começo de seu relacionamento com a Igreja em Corinto que foi sempre íntegro e reto.
 
Paulo ataca veementeveementes os falsos mestres que buscavam enganar os cristãos dessa Igreja, afastando-os dos verdadeiros propósitos do [[Evangelho]] pregado.
 
Assim, Paulo demonstra sua autoridade como apóstolo e exorta os coríntios amorosamente para que submetam-se submetam à verdade divina, rejeitando as falsas doutrinas.
 
Além disso, Paulo encoraja a igreja a enfrentar as provações, lembrando-os que ao chegarem noao céu receberiam novos corpos e pede que sejam feitas doações para os pobres da Igreja em [[Jerusalém]].
 
{{ref-section}}
5 823

edições