Diferenças entre edições de "Catolicidade"

1 byte adicionado ,  08h48min de 27 de dezembro de 2010
A palavra ''Igreja Católica'' ou ''catolicismo'' para referir-se à [[Igreja Universal]] é utilizada desde o [[século I]], alguns [[historiador]]es sugerem que os próprios [[apóstolo]]s poderiam ter utilizado o termo para descrever a Igreja. <ref name="Ray"/> Registros escritos da utilização do termo constam nas cartas de [[Inácio de Antioquia|Inácio]],<ref>{{cite web| last =Woodhead| first =Linda| title =An Introduction to Christianity| publisher =Cambridge University Press| date =2004| url =http://books.google.com/books?id=EsctaP__5yQC&pg=PA34&dq=ignatious+where+the+bishop+is+there+is+the+catholic+church&lr=| dateformat=dmy|accessdate=18 Nov 2008}}</ref> [[Patriarca de Antioquia|Bispo de Antioquia]], discípulo do [[apóstolo João]], que provavelmente foi ordenado pelo próprio [[São Pedro|Pedro]].<ref name="Ray">RAY, Stephen. Upon this Rock. San Francisco, CA: Ignatius Press, 1999. p.119.</ref>
 
Em diversas situações nos primeiros três séculos do [[cristianismo]], o Bispo de Roma,<ref> As primeiras listas de papas diziam que o segundo papa após Pedro, foi [[São Lino]]. Eamon Duffy, ''Saints and Sinners: A History of the Popes'' (Yale Nota Bene, 2002) Apêndice A.</ref> considerado sucessor do [[Apóstolo Pedro]], interveio em outras comunidades para ajudar a resolver conflitos,<ref name="The Primacy of Peter">Fr. Nicholas Afanassieff: ''"The Primacy of Peter"'' Ch. 4, pgs. 126-127 (c. 1992)</ref> tais como fizeram o [[Papa Clemente I]], [[Papa Vítor I|Vitor I]] e [[Calixto I]]. Nos três primeiros séculos a Igreja foi organizada sob três [[patriarca]]s, os bispos de [[Antioquia]], de [[jurisdição]] sobre a [[Síria]] e posteriormente estendeu seu domínio sobre a [[Ásia Menor]] e a [[Grécia]], [[Alexandria]], de jurisdição sobre o [[Egito]], e [[Roma]], de jurisdição sobre o [[Ocidente]]. <ref name="New Advent">{{Citar web |url=http://www.newadvent.org/cathen/11549a.htm |título=Patriarch and Patriarchate|língua= Inglês|autor= |obra= |data= |acessodata=1-7-2010}}</ref> Posteriormente os bispos de [[Constantinopla]] e Jerusalém foram adicionados aos patriarcas por razões administrativas.<ref name="New Advent"/> O [[Primeiro Concílio de Niceia]] em [[325]], considera o Bispo de Roma como o "''primus''" (primeiro) entre os [[patriarca]]s, afirmando em seus quarto, quinto e sexto [[cânon]]es que está "seguindo a tradição antiquíssima" <ref>Congar, Yves. Elgisé et papauté. Les Éditions du Cerf. [[1994]]. ISBN 2-204-05090-3</ref>, embora muitos interpretem esse título como o "''[[primus inter pares]]''" (primeiro entre iguais). Considerava-se que Roma possuía uma autoridade especial devido à sua ligação com São Pedro. <ref>Radeck, Francisco; Dominic Radecki (2004). Tumultuous Times . St. Joseph's Media. p. 79. ISBN 978-0-9715061-0-7.</ref>
 
Uma série de dificuldades complexas (disputas doutrinárias, [[Concílio]]s disputados, a evolução de [[rito]]s separados e se a posição do Papa de Roma era ou não de real autoridade ou apenas de respeito) levaram à divisão em [[1054]] que dividiu a Igreja entre a Igreja Católica no Ocidente e a [[Igreja Ortodoxa]] no Leste ([[Grécia]], [[Rússia]] e muitas das terras [[Eslavos|eslavas]], [[Anatólia]], [[Síria]], [[Egipto]], etc.). A esta divisão chama-se o [[Cisma do Oriente]].
445

edições