Áton: diferenças entre revisões

1 693 bytes removidos ,  18 de abril de 2011
Reversão de IP (cadê as fontes?)
m ([r2.5.2] Bot: Adicionando: id:Aten)
(Reversão de IP (cadê as fontes?))
 
'''Aton''' é um [[neter]] egípcio, pouco se conhece sobre este, mas seria uma segunda forma de [[Amon]], no qual nos cultos veio substituir este. O [[faraó]] [[Akhenaton]] proibiu aos [[antigo Egito|antigos egípcios]] a cultuar outros neteru, escolhendo somente Aton. Por todo o seu reinado o povo tentou apagar seu registro da história.{{Carece de fontes}}
 
O Sol sempre esteve presente na vida da antiga civilização egípcia, e muito deuses possuíam algum aspecto solar: Aton era o deus que representava o disco solar no firmamento. Embora já existissem representações suas no Antigo Império, foi no Novo Império, durante a época amarniana, que ganhou maior importância. No sexto ano do seu reinado, o faraó Akhenaton instituiu o culto único a Aton, fechou todos os templos e proibiu o culto aos outros deuses.
 
Akhenaton declarou-se seu único sacerdote e profeta, escrevendo um hino no qual proclamava a grandeza do Sol como criador de todas as coisas, e a igualdade entre todos os homens. A semelhança desse hino com o Salmo 104 do Livro dos Mortos, do Antigo Testamento, faz pensar que ambas as religiões compartilharam as suas idéias em um momento sincrético.
 
O Hino a Aton foi encontrado escrito nas paredes de vários túmulos de funcionários de Akhenaton, na nova capital fundada pelo faraó na atual Tell el-Amarna. A cópia mais completa foi descoberta no túmulo de Ay, funcionário de Akhenaton e sucessor de Tutankhamon como rei.
 
Assim como o disco solar, o templo dedicado a Aton era aberto, com um grande pátio onde recebia os raios solares. A construção do templo foi inovadora, pois utilizaram-se os talatat, blocos de pedra que podiam ser transportados por um homem sozinho. Este fato facilitou o transporte e acelerou o processo de construção.
 
O Faraó Revolucionário
 
O reinado de Akhenaton (1364 - 1347 a.C.) provocou uma mudança na concepção do mundo egípcio. Apesar de breve, foi produtivo, tanto do ponto de vista artístico como literário.
Fonte (http://www.misteriosantigos.com)
 
 
{{Mitologia Egípcia}}
[[hr:Aton]]
[[hu:Aton]]
[[id:Aten]]
[[it:Aton]]
[[ja:アテン]]
59 779

edições