Diferenças entre edições de "Casa de Mecklemburgo"

2 517 bytes adicionados ,  18h20min de 11 de maio de 2011
sem resumo de edição
|data5 = [[Borwin de Mecklenburg]]
|label6 = Casas relacionadas
|data6 = Casa de Mecklenburg-Schwerin<br />Casa de Mecklenburg-Strelitz<br />Casa de Mecklenburg-Güstrow<br /> Casa de Mecklenburg-Stargard <br /> Werl
|label7 =
|data7 =
 
Os duques de Mecklenburg continuaram a ver-se como herdeiros legítimos da Noruega embora nunca tivessem conseguido retirar o reino dos Oldemburgo.
 
== Estados modernos de Mecklenburg ==
 
Por volta de 1711 é realizado um tratado entre os duques de Mecklenburg e o elitor de Brandenburg através do qual o eleitor é reconhecido como próximo herdeiro de Mecklenburg depois da de sucessão masculina. A partir deste momento, os eleitores, que depois se tornariam réis da Prússia, passam a ver-se como membros da Casa de Mecklenburg e começam a utilizar os seus títulos (duque de Mecklenburg, etc...) entre aqueles que já possuíam.
 
A legalidade dessa concessão do tratado continua a ser muito discutida, uma vez que nenhum dos descendentes bilaterais da Casa estava presente na altura em que este foi concordado e pelo menos um deles era menor de idade.
 
Nos séculos XVII e XVIII, o ducado é dividido várias vezes e distribuído entre os descendentes bilaterais da Casa Ducal nos principados de Mecklenburg-Schwerin, Werle, Mecklenburg-Güstrow e Mecklenburg-Strelitz, a maioria dos quais se voltaria a concentrar no ramo principal (Schwerin) durante o século XVIII, sobrevivendo dois estados até ao final da monarquia alemã em 1918:
 
* [[Mecklenburg-Schwerin]]
* [[Mecklenburg-Strelitz]]
 
Estes ducados seriam elevados a grão-ducados no [[Congresso de Viena |Congresso de Viena]]. Em 1918, menos de um ano antes da queda da monarquia, a linha masculina de Strelitz extinguiu-se, levando a que o [[Frederico Francisco IV, Grão-duque de Mecklenburg-Schwerin|grão-duque de Mecklenburg-Schwerin]] assumisse a sua regência. No entanto, a falta de claridade da sua sucessão (existia ainda um ramo menor de Strelitz a viver na Rússia) não foi resolvida até à dissolução das pequenas monarquias alemãs.
 
== Casa de Mecklenburg na actualidade ==
=== Casa de Mecklenburg-Schwerin ===
 
A Casa de Mecklenburg-Schwerin extinguiu-se pela linha masculina no dia 31 de Julho de 2001 com a morte do grão-duque hereditário [[Frederico Francisco de Mecklenburg-Schwerin]], filho mais velho e herdeiro do último grão-duque reinante, [[Frederico Francisco IV, Grão-duque de Mecklenburg-Schwerin|Frederico Francisco IV]].
 
Os membros que restam da Casa de Mecklenburg-Schwerin são as filhas do duque Cristiano Luís, segundo filho de Frederico Francisco IV: a duquesa Donata (nascida em 1956) e a duquesa Edwina (nascida em 1960); a filha do duque Adolfo Frederico, a duquesa Woizlawa Feodora (nascida em 1918) e a grã-duquesa hereditária Karin (nascida von Schaper; nascida em 1920), viúva do grão-duque hereditário Frederico Francisco.
 
{{ref-section}}
8 401

edições