Diferenças entre edições de "Rio Yamuna"

49 bytes adicionados ,  10h53min de 16 de maio de 2011
m
sem resumo de edição
m (r2.6.4) (Bot: Adicionando: eu:Iamuna ibaia)
m
|país = {{IND}}
}}
O rio '''Yamuna''' (conhecido também como ''Jamuna'') é um dos principais rios do norte da [[Índia]], medindo 1.3701370 Kmkm de comprimento. É um dos principais afluentes do [[Ganges]].
 
Nasce na [[cordilheira]] do [[Himalaia]] e passa pelos estados de [[Deli]], [[Uttar Pradesh]] e [[Haryana]] antes de se unir ao Ganges em [[Allahabad]]. Deli, [[Mathura]], [[Vrindavan]] e [[Agra]] encontram-se nas suas margens, pelo que este é um dos sete rios sagrados da Índia, considerado segundo em termos de importância religiosa.
 
Outrora artéria de comunicação importante para transporte de pessoas e mercadoríasmercadorias, actualmente é utilizado basicamente para a [[Irrigação|rega]] na [[agricultura]], ao longo dos terrenos que atravessa. Estima-se que cerca de 57 milhões de pessoas dependam directamente dos seus recursos hídricos.
 
== História ==
Segundo a [[lenda]], a [[divindade|deusa]] deste rio é a irmã doda deusdivindade [[hinduismohinduísmo|hindúhindu]] da [[morte]], o deus [[Yama]], e filha do deus do [[Sol]], [[Surya]]. Segundo o [[Mahabharata]], o deus [[Krishna]] passou a sua infanciainfância nas águas deste rio.
 
== Representação iconográfica ==
Ao ser considerado uma divindade, o Yamuna é frequentemente representado nos templos [[HinduismoHinduísmo|hindus]] como uma figura feminina montada sobre uma [[tartaruga]], acompanhada por uma ou duas [[Servidão|criadas]] que transportam uma [[sombrinha]], que pode aparecer também nas portas de entrada dos templos, junto à deusa do Ganges. Esta presença simbólica é uma forma de purificação do [[Crença|crente]] sempre que cruza a entrada do templo.
 
{{esboço-geoin}}
 
{{DEFAULTSORT:Yamuna}}
[[Categoria:Rios da Índia|Yamuna]]
[[Categoria:Rios sagrados]]
 
[[als:Yamuna]]
137 928

edições