Abrir menu principal

Alterações

34 bytes adicionados ,  15h05min de 12 de julho de 2011
== História ==
 
a praça era apenassomente um campo de areia com um poço no centro no ano de 1839, alguns cajueiros e rodeada de casebres, onde se destacava os sobrados do comendador Machado e o do pacheco construido respectivamente em 1825 e 1831, que depois foi sede da Municipalidade. O prédio do Ensino Mútuo ficava na esquinaencontrava-se onde hoje fica a [[Caixa Econômica Federal]]. Haviaexistia também na praça o ''"beco do cotovelo"'',povoado compor casas em diagonal, e que foi derrubado porpelo boticário Ferreira [[Antônio Rodrigues Ferreira]], o boticário Ferreira que, em [[1842]] foi eleito presidente da [[Câmara Municipal de Fortaleza|Câmara Municipal]] e como tal aumentou as ruas de Fortaleza, dando-lhes um traçado antes defeituoso. Acabou com o "beco do cotovelo" criando a praça que em [[1871]] passouveio a seser chamada praça do Ferreira., Desdemas entãode lá para cá a praça teve asos seguintes titulos: Feira-Nova, Pedropedro II, feira-nova, e da Municipalidade.
 
Noa praça foi urbanizada pela primeira vez no dia [[7 de setembro]] deno [[1902]]ano houve suade primeira urbanização,1902 pelo intendente [[Guilhermeguilherme Rocharocha]], com a construção deconstruiu um jardim em cujo centro ficava a Avenida que então passou a chamar-se ''Jardim 7 de setembro'', cercada por colunas de concreto e grades de ferro, ocupando espaço em frente ao que hoje é o [[cine São Luiz]]. Foi construido também cinco artísticos quiosques onde 4 cafés eram abrigados e um era posto de fiscalização da Companhia de Luz. abrigava também os ilustres frades de pedra, feitosfabricados decom [[pedra de lioz]] vinda diretamenteimportados de Portugal, com argolas, feitas para amarrar os animais. Havia também, no centro do jardim, uma caixa d’água e um catavento, onde a águaeraágua era usada para aguar os jardins. Em [[1892]] um dos cafés foi palco do movimento literário “[[Padaria Espiritual]]” no ano de 1892.
 
O prefeito [[Godofredo Maciel]] fez uma reforma em [[1920]] que retirou os quiosques, mosaicoupôs mosaicos em toda a praça e fechou o poço, construindo muitos jardins e colocando empondo seuno centro um [[palanque ao ar livre]] , onde a banda da Polícia executava às quintas-feiras suas celebres retretassinfonias. Em [[1923]] foi colocado no lugar um palanque coberto.
 
Em [[1933]] [[Raimundo Girão]] reergueu a coluna da hora e derrubou o palanque Em [[1933]], refez a coluna da hora em estilo “Art Dèco” de cimento ededepedra pedra”e cimento. onde houve festejos pelo fim da [[Segunda Guerra Mundial]] em [[1945]]e a praça foi batiada e considerada “Coração da Cidade” no ano de 1945. No dia [[15 de novembro]] de [[1949]] o Abrigo Central foi inaugurado, pelo prefeito [[Acrísio Moreiraacrisio da Rocharocha]] inaugurou o abrigo central. Concebido inicialmente como terminal de ônibus, fez parte da história de Fortaleza. Poucas pessoas lembram de um centro comercial que funcionava, ininterruptamente, ao norte da Praça do Ferreira da década de [[1950]], onde antes havia o prédio da Intendência Municipal, em frente ao predio do hotel savanah na década de [[1950]],
 
Durante o ano de [[1966]] o prefeito [[Murilo Borges]], sem nenhuma consulta popular e alegandoafirmando que o abrigo estavacentral parairia ruir em pouco tempo, inicioucomeçou uma reforma que derrubou o abrigo central e a coluna da hora. Em [[1968]]também foram encontradas duas urnas nona subsoloparte subterranea da praça, uma datada de [[1936]] contendo jornais de epoca, cartas e moedas, isso Em [[1968]] . A reforma terminou em [[1969]], deixando a praça totalmente diferentemudada do que era antes. Nessa época a praça teve instalações subterrâneas e até sua ultima reforma abrigaram as galerias antonioAntonio bandeira
foi recuperado o poço em [[1991]], quando daa últimapraça foi reformareformada pela qualultima a Praça passouvez na gestão de [[Juraci Vieira de Magalhães|Juraci Magalhães]]. Descoberto o poço, ele foi mantido e novamente erguidaereerguida a Coluna da Hora com estilo idêntico a primeira com projetoprojetos mais atuais dos arquitetos [[Fausto Nilo]] e [[Delberg Ponce de Leon]].
 
Em 2001, a Praça do Ferreira foi escolhida como ícone da cidade. A escolha foi fruto de uma promoção da campanha “Eleja Fortaleza - Declare seu amor pela cidade”, criada pelo [[Banco Itaú]] em parceira com o [[Sistema Verdes Mares]]. Pela campanha, a população vota em urnas espalhadas pela cidade e nas agências Itaú.
Utilizador anónimo