Serra do Lenheiro: diferenças entre revisões

501 bytes removidos ,  11 de agosto de 2011
sem resumo de edição
(Página proposta para eliminação semirrápida (usando FastButtons))
A '''Serra do Lenheiro''' está localizada à noroeste da cidade de [[São João del-Rei]].<ref>''Revista do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro'', Volumes 44-45. Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro (1882)</ref> Caracteriza-se por ser uma formação de quartzito. Grandes blocos, chamados de Pontões, compõem o lugar, além dos vários blocos de pedra espalhados por todo o local.
{{ESR2|1=11 de agosto|marcação=20110811|2=Afirmações não sustentadas por fontes fiáveis [[Usuário:Eonzoikos|Eonzoikos]] ([[Usuário Discussão:Eonzoikos|discussão]]) 02h42min de 6 de agosto de 2011 (UTC)}}
 
A '''Serra do Lenheiro''' está localizada à noroeste da cidade de [[São João del-Rei]]. Caracteriza-se por ser uma formação de quartzito. Grandes blocos, chamados de Pontões, compõem o lugar, além dos vários blocos de pedra espalhados por todo o local.
 
A serra é usada pelo [[11º Batalhão de Infantaria de Montanha]] de [[São João del-Rei]] para treinar seus soldados nas técnicas verticais.
[[Pinturas rupestres]] podem ser vistas na Serra do Lenheiro. Há estudos que apontam que as pinturas foram feitas por tribos nômades a cerca de 6 a 9 mil anos atrás. Estima-se que estes grupos viviam em cavernas e provavelmente abrigavam-se na Serra para caçar, de onde tinham boa visão de caça e possíveis inimigos como outras tribos. Estas figuras servem de testemunho da passagem de grupos humanos na região em que hoje são encontradas. Servem, ainda, para explicar o complexo cultural dos grupos que as executaram e talvez a época da permanência destes grupos.
 
{{Referências}}
==Contam que...==
Segundo uma lenda, a escultura do rosto feminino existente em uma pedra na Serra do Lenheiro está ligada a uma paixão proibida.
Durante o período da escravidão, um escravo apaixonou-se pela filha do seu senhor e como este romance seria impossível, o escravo apaixonado esculpiu na pedra o rosto daquela jovem!
Após a homenagem, suicidou-se, dando origem a mais uma lenda da Serra do Lenheiro de São João del-Rei.
 
{{esboço-geologiageobr}}
[[Categoria:São João del-Rei]]
[[Categoria:Geografia de Minas Gerais]]
69 732

edições