Abrir menu principal

Alterações

2 bytes adicionados, 01h10min de 19 de novembro de 2011
sem resumo de edição
Um '''ministro''' é o membro de um [[governo]] nacional ou, ocasionalmente, subnacional, com importantes [[poder executivo|funções executivas]]. A maioria dos ministros é responsável pela gestão de uma pasta, ou seja de uma área temática governativa, o que implica normalmente a direção de uma das grandes [[repartição pública|repartições governamentais]], geralmente designadas "[[ministério]]s" ou "departamentos". No entanto, ocasionalmente isso não acontece, como é o caso dos [[ministro sem pasta|ministros sem pasta]]. Geralmente, os ministros são membros de um gabinete ou [[conselho de ministros]], respondendo - conforme o sistema político - perante o [[chefe de estado]], o [[chefe de governo]] ou o [[parlamento]].
 
NalgunsEm alguns países e territórios, os membros do governo equivalentes aos ministros têm outras designações, como as de "[[secretário de estado]]", de "[[secretário (cargo)|secretário]]" ou de "[[comissário]]". Noutros, apesar de serem genericamente designados "ministros", os membros do governo têm um título oficial mais completo como "'''ministro de Estado'''" ou "'''ministro da Coroa'''". Nalguns estados, figuras institucionais como o [[procurador-geral]], o governador do [[banco central]], o chefe da [[casa militar]] ou o chefe da [[casa civil]] têm um estatuto equiparado ao de ministro.
 
No passado, a designação "ministro" era aplicada no sentido mais amplo, referindo-se a um número abrangente de classes de [[funcionário público|funcionários do Estado]]. O seu sentido mais abrangente mantém-se, ainda hoje, nas designações de "ministro" dadas a certas classes de [[diplomata]]s e a [[juíz]]es dos [[tribunal|tribunais]] superiores de alguns países.
Utilizador anónimo