Diferenças entre edições de "Prêmio da Música Brasileira"

70 bytes adicionados ,  07h19min de 25 de janeiro de 2012
m
Checkwiki + ajustes
(recat)
m (Checkwiki + ajustes)
{{Sem-fontes|música=sim|Brasil=sim|data=maio de 2010| arte=| Brasil=| ciência=| geografia=| música=| Portugal=| sociedade=|1=|2=|3=|4=|5=|6=}}
{{Wikificação|música=sim|Brasil=sim|data=maio de 2010}}
Dentre as diversas premiações da [[Música_popular_brasileira|música popular brasileira]], o '''Prêmio da Música Brasileira''' é o de maior longevidade. Idealizado em [[1987]] por José Maurício Machline, a premiação inicialmente patrocinada pela Sharp (daí ser conhecido inicialmente como [[Prêmio_SharpPrêmio Sharp|Prêmio Sharp de Música Brasileira]]) teve desde sempre como diferencial o seu corpo de jurados composto por nomes importantes do cenário musical e artístico brasileiro. Após 12 edições, em [[2002]], o prêmio ressurgiu como Prêmio Caras, patrocinado pela [[Revista_CarasRevista Caras|revista de mesmo nome]]. De [[2003]] a [[2008]] o prêmio teve patrocínio da TIM , ficando conhecido como [[Prêmio TIM de Música]]. Em [[2009]] o prêmio teve produção independente e contou com o apoio de toda a classe artistica brasileira.
 
Dentre as diversas premiações da [[Música_popular_brasileira|música popular brasileira]], o '''Prêmio da Música Brasileira''' é o de maior longevidade. Idealizado em [[1987]] por José Maurício Machline, a premiação inicialmente patrocinada pela Sharp (daí ser conhecido inicialmente como [[Prêmio_Sharp|Prêmio Sharp de Música Brasileira]]) teve desde sempre como diferencial o seu corpo de jurados composto por nomes importantes do cenário musical e artístico brasileiro. Após 12 edições, em [[2002]], o prêmio ressurgiu como Prêmio Caras, patrocinado pela [[Revista_Caras|revista de mesmo nome]]. De [[2003]] a [[2008]] o prêmio teve patrocínio da TIM , ficando conhecido como [[Prêmio TIM de Música]]. Em [[2009]] o prêmio teve produção independente e contou com o apoio de toda a classe artistica brasileira.
 
A partir de 2009, em sua vigésima edição, ganha o nome definitivo de Prêmio da Música Brasileira, e em [[2010]] segue com o mesmo nome, tendo como patrocinadora a [[Companhia Vale do Rio Doce|Vale]].
 
== O prêmio ==
O Prêmio da Música Brasileira tem como norte dois princípios: premiar a variedade imensa de manifestações musicais de nosso país, incentivando a descoberta de novos talentos, e propiciar encontros produtivos entre as várias tendências da música contemporânea nativa procurando a mais alta qualidade em todas as vertentes da nossa música.
 
O projeto se destaca desde sua criação pela relevância no contexo cultural e foi apoiado/patrocinado por nomes como [[Sharp]], [[TIM]], a [[Revista_Caras|revista Caras]] e em 2010, a Vale.
 
Premiar os destaques de cada período e render homenagens aos mestres de ontem e de hoje e gerar conteúdo que agregue valor à música popular brasileira (MPB) são características presentes em todas as edições da premiação. A votação é realizada por um corpo de jurados formado por nomes representativos da diversidade musical, e a eleição do premiado em cada categorias se baseia estritamente no mérito artístico de cada artista e/ou obra. Por fim, cada edição homenageia os maiores nomes da MPB de ontem e de hoje, para perpetuar a história desses grandes mestres tendo em vista o esquecimento típico de certa mentalidade local. Relembrar a história da música brasileira, dar a medida do mérito da produção atual e lançar novos nomes para manter a qualidade da música local são as missões do prêmio.
 
== Homenageados de cada edição ==
Cada edição da premiação apresenta um artista de destaque da nossa música como homenageado. A partir de 2003, o prêmio passa a premiar, alternadamente, um artista vivo e um já falecido.
 
* 1997 – Jackson do Pandeiro
* 1998 - Maria Bethânia
 
* 2001 – Gal Costa
 
* 2003 – Ari Barroso
* 2004 – Lulu Santos
* 2007 – Zé Keti
* 2008 – Dominguinhos
 
* 2009 – Clara Nunes
* 2010 - Dona Ivone Lara
* 2011 - Noel Rosa
 
== Conselho do prêmio ==
O prêmio conta com um conselho permanente de oito personalidades ligadas à cultura brasileira, todos com poder de voto e responsáveis pelas diretrizes da premiação. São eles: Gilberto Gil, João Bosco, Zuza Homem de Mello, Carla Grasso, Zé Maurício Machline, Wanderlea, Antônio Carlos Miguel e Paulo Moura.
 
== {{Ligações externas}} ==
*[ {{Link||2=http://www.premiodemusica.com.br/noticias/ |3=Blog do Prêmio da Música Brasileiro]}}
*[ {{Link||2=http://www.premiodemusica.com.br/ |3=Site oficial do Prêmio da Música Brasileira]}}
 
{{Portal3|Música}}
 
[[Categoria{{DEFAULTSORT:Prêmios de música do Brasil|Musica Brasileira]]}}
[[Categoria:Prêmios de música do Brasil]]
[[Categoria:Música popular brasileira]]
718 366

edições