Diferenças entre edições de "Maragato (Brasil)"

24 bytes adicionados ,  19h50min de 27 de janeiro de 2012
sem resumo de edição
Com o tempo, o termo perdeu a conotação pejorativa e assumiu significado positivo, aceito e defendido pelos federalistas e seus sucessores políticos.
 
Na [[Revolução de 1923]] desencadeada contra a permanência de [[Borges de Medeiros]] no governo do estado, novamente a corrente maragata rebelou-se, liderada pelo diplomata e pecuarista [[Joaquim Francisco de Assis Brasil|Assis Brasil]]. Seus antagonistas que detinham o governo, eram chamados no Rio Grande do Sul, de [[Ximango (política)|Ximango]]s, comparando-os à ''[[Gavião-carrapateiro|ave]]'' de rapina. O lenço brancovermelho identificava o Maragato. O lenço vermelhobranco identificava o Pica-Pau e o [[Chimango]] (Situação).
 
O movimento originou, no Rio Grande do Sul, o [[Partido Libertador]], de grande influência regional.
== Referências ==
* FRANCO, Sergio da Costa. 13º Caderno O PARTIDO FEDERALISTA DO RIO GRANDE DO SUL (1892-1928)..Cadernos de História.Memorial do Rio Grande do Sul. [http://www.memorial.rs.gov.br/cadernos/maragatos.pdf Edição eletrônica]
Correção: Bianca Herr
 
{{esboço-história}}
Utilizador anónimo