Carlos Mardel: diferenças entre revisões

762 bytes adicionados ,  09h10min de 16 de abril de 2012
caixa+imagens
(caixa+imagens)
{{Info/Arquiteto
|nome = Carlos Mardel
|imagem = Carlos Mardel.jpg
|tamanho = 200px
|legenda =
|nome_completo = Martell Károly
|outros_nomes = |nascimento_data = {{dni|||1696|SI}}
|nascimento_local = [[Pozsony]], [[Hungria]]
|morte_data = {{morte|||1763|||1696}}
|morte_local = [[Lisboa]]
|nacionalidade = {{HUNb}} [[Hungria|húngara]]
|alma_mater =
|ocupação = [[arquitecto]]
|movimento =
|obras_notaveis = [[Museu da Água|Mãe d'Água]]
|publicaçoes =
|prémios =
|parentes =
|assinatura =
}}
 
 
 
'''Carlos Mardel''' (em húngaro: '''Martell Károly''') ([[Pozsony]], [[Hungria]], [[1696]] - [[Lisboa]], [[1763]]), foi um [[engenheiro]] e [[arquitecto]] húngaro. Participou na construção do [[Aqueduto das Águas Livres]] e na construção do [[Palácio do Marquês de Pombal]].
 
 
Em [[1747]], Mardel é nomeado para o cargo de arquitecto dos paços reais, e das [[Ordem militar|ordens militares]].
[[Imagem:Museu da Água.JPG|right|250px|thumb|[[Museu da Água|Mãe d'Água]]]]
 
Foi um dos principais arquitectos da reconstrução de [[Lisboa]], após o [[Terramoto de 1755]], juntamente com [[Eugénio dos Santos]]. Deixou a sua marca no tipo de telhados que desenhou, caracterizados por telha de canudo com beirais, de origem [[Alemanha|alemã]]. Construiu, aínda, o Palácio da Inquisição no [[Praça de D. Pedro IV|Rossio]].
502

edições