Diferenças entre edições de "Supercélula"

3 bytes adicionados ,  14h21min de 17 de abril de 2012
m
'''Nuvens de parede''': forma-se próxima da área entre ventos descendentes e ventos ascendentes. Essa área está entre a ''base de precipitação'' e a ''base sem precipitação''. Nuvens de parede formam-se quando o ar frio da corrente descendente entra na corrente de ar quente ascendente. Este ar úmido e frio rapidamente se torna saturado enquanto é levado para o alto pelo vento ascendente, formando uma nuvem que parece "descer" da base sem precipitação. Nuvens de parede são comuns e não são exclusivas de supercélulas: somente uma pequena porcentagem produz um tornado, mas quando um tornado se forma uma nuvem de parede geralmente aparece. Nuvens de paredes que persistem por mais de 10 minutos, nuvems que parecem se mover violentamente para cima e para baixo e movimentos violentos de fragmentos de nuvens próximo a nuvem de parede são indicações de que um tornado pode se formar.<ref name="structure" />
 
'''[[Mammatus]]''': são formações na nuvem com forma bulbosa extendendo-se pela parte de baixo da bigorna de uma tempestade. Essas nuvens se formam quando o ar frio da região da bigorna desce para o ar mais quente abaixo da mesma. Mammatus são mais aparentes quando estão iluminados por um lado pelo sol e são, portanto, mais evidentes no pôr ou no nascer do sol, quando ele está baixo no céu. Mammatus não são exclusividade de supercélulas e podem estar associadas com tempestades desenvolvidas e [[cumulonimbus]].<ref name="structure" /><ref name="Mammatus">{{citar web |url url= http://www.theweatherprediction.com/habyhints/353/ |titulo título=Mammatus - Severe Storm
Structure: Mamatus |obra autor=Meteorologista Jeff Haby |acessodata=01 de abril de 2012}}</ref>
 
'''Ventos descendentes do lado anterior''': esta é geralmente a área com maior precipitação. Entre essa área e a base em precipitação uma forma de "abóbada" ou "catedral" pode ser observada. nas ''supercélulas de alta precipitação'' uma área de grande precipitação pode ocorrer abaixo da área corrente ascendente onde a "abóbada" seria observada em supercélulas clássicas.<ref name="structure" />
2 308

edições