Guilhermina Suggia: diferenças entre revisões

144 bytes adicionados ,  08h43min de 17 de maio de 2012
imagens
(imagens)
{{Info/Biografia
|nome = Guilhermina Augusta Xavier de Medin Suggia
|imagem = Guilhermina Suggia.jpg
|imagem_tamanho = 200px
|imagem_legenda =
|nascimento_data = [[27 de Junho]] de [[1885]]
Guilhermina Suggia tinha vários violoncelos. Entre eles destacam-se os famosos [[Stradivarius]] (Cremona, 1717) e [[Montagna]] (Cremona, 1700 - dúvidas no 3º algarismo mas supõe-se ser um zero). Por desejo [[testamento|testamentário]] foram ambos vendidos e com o fruto da sua venda foram instituídos prémios anuais aos melhores alunos de violoncelo da [[Royal Academy of Music]] de Londres, do [[:en:Arts Council England|Arts Council]] da [[Grã-Bretanha]] e do Conservatório de Música do Porto.
 
Em 1923 o [[Governo]] de Portugal agraciou-a com a insignia de oficial da [[Ordem de Santiago da Espada]], uma honra raras vezes concedida a senhoras, e em [[1937]] foi promovida a [[comendador]] da mesma Ordem. Em [[1938]] foi-lhe concedida a [[Porto|Medalha de Ouro da cidade do Porto]].
 
== Obra ==
 
Suggia tocava todos os importantes concertos da época para violoncelo e [[orquestra]] – os concertos de [[Haydn]], [[Edward Elgar|Elgar]], [[Saint-Saëns]], [[Schumann]], [[Eugen d'Albert]], [[Dvořák]].
 
[[File:Guilhermina Suggia por António Carneiro.jpg|thumb|Perfil de Guilhermina Suggia por [[António Carneiro]]]]
 
=== Discografia ===
502

edições