Instituto Internacional da Língua Portuguesa: diferenças entre revisões

sem resumo de edição
 
A sua criação foi proposta em [[1989]] pelo então Presidente da República do Brasil, [[José Sarney]], durante a primeira cimeira daquela organização internacional, realizada em [[São Luís do Maranhão]]. No entanto, só 10 anos depois, por ocasião da VI Reunião Ordinária do Conselho de Ministros da CPLP, em [[São Tomé e Príncipe]], o Instituto foi finalmente criado.
 
Desde 2010 dirige o Instituto o linguista brasileiro Gilvan Müller de Oliveira. Na gestão 2010-2012 a Direção Executiva concentrou-se na realização do [[''Plano de Ação de Brasília para a Promoção, a Difusão e a Projeção da Língua Portuguesa'']], documento oriundo da I. Conferência Internacional sobre o Futuro do Português no Sistema Mundial, realizada na capital brasileira em março e abril de 2010.
 
=={{Links externos}}==