Abrir menu principal

Alterações

108 bytes removidos ,  14h51min de 29 de novembro de 2012
sem resumo de edição
{{sem-fontesEm tradução|data=SetembroNovembro de 20112012}}
 
{{tradução integral}}
Uma '''órbita terrestre baixa''' (LEO, do [[língua inglesa|inglês]] ''Low Earth Orbit'') é uma [[órbita]] em que os objectos, como [[Satélite artificial|satélites]], se encontram abaixo de 2000&nbsp;km.<ref name="FAIABA"/>{{en}} {{LienEsta webregião se situa abaixo da [[órbita circular intermédia]] (ICO) e substancialmente abaixo da [[Geoestacionária|órbita geostacionária]], mas geralmente entre 350 e os 1400&nbsp;km acima da superfície da [[Terra]]. As órbitas inferiores a esta não são estáveis, e serão alvo de [[arrastamento atmosférico]]. Os satélites numa LEO viajam a cerca de 27 400&nbsp;km/h (8&nbsp;km/s), o que representa uma revolução de cerca de 90 minutos.<ref name="FAIABA"/>
|url=http://iadc-online.org/docs_pub/IADC-101502.Mit.Guidelines.pdf
|titre=IADC Space Debris Mitigation Guidelines
|id=IADC Space Debris Mitigation Guidelines
|date=15 de outubro de 2002
|éditeur=[[Inter-Agency Space Debris Coordination Committee]]
|page=2 (6 du PDF)
|consulté le=13 mai 2009.
}} {{pdf}}</ref> Esta região se situa abaixo da [[órbita circular intermédia]] (ICO) e substancialmente abaixo da [[Geoestacionária|órbita geostacionária]], mas geralmente entre 350 e os 1400&nbsp;km acima da superfície da [[Terra]]. As órbitas inferiores a esta não são estáveis, e serão alvo de [[arrastamento atmosférico]]. Os satélites numa LEO viajam a cerca de 27 400&nbsp;km/h (8&nbsp;km/s), o que representa uma revolução de cerca de 90 minutos.
 
Os objectos em órbita terrestre baixa encontram gases atmosféricos na [[termosfera]] (aproximadamente 80–500&nbsp;km acima da superfície) ou [[exosfera]] (aproximadamente 500&nbsp;km acima), dependendo do comprimento da órbita.
 
{{referências|refs=
{{Referências}}
 
<ref name="FAIABA">{{citar web|url=http://www.universetoday.com/85322/low-earth-orbit/|título=Low Earth Orbit|autor=Tega Jessa|data=2 de abril de 2011|publicado=Universe Today|acessodata=29 de novembro de 2012}}</ref>
 
}}
 
{{esboço-espaço}}
11 536

edições