Diferenças entre edições de "Variação linguística"

1 byte adicionado ,  12h32min de 14 de janeiro de 2013
sem resumo de edição
(Desfeita a edição 32361008 de 186.225.61.22)
'''Variedade ou variante linguística''' se define pela forma pela qual determinada comunidade de falantes, vinculados por relações sociais ou geográficas, usa as formas linguísticas de uma [[língua natural]]. É um conceito mais forte do que ''estilo de prosa'' ou ''estilo de linguagem''. Refere-se a cada uma das modalidades em que uma língua se diversifica, em virtude das possibilidades de variação dos elementos do seu sistema ([[vocabulário]], [[pronúncia]], [[sintaxe]]) ligadas a fatores sociais ou culturais (escolaridade, profissão, sexo, idade, grupo social etc.) e geográficos (tais como o português do Brasil, o português de Portugal, os falares regionais etc.). A [[norma culta|língua padrão]] e a linguagem popular também são variedades sociais ou culturais. Um [[dialeto]] é uma variedade geográfica.<ref>Dicionário Houaiss: "variedade" 5 Rubrica: lingüística.</ref>Variações de léxico, como ocorre na [[gíria]] e no [[calão]], podem ser consideradas como variedades mas também como ''[[Registro (linguística)|registros]] ou, ainda, como [[estilística|estilos]] - a depender da definição adotada em cada caso. Os [[idiotismo]]s são às vezes considerados como formas de ''estilo'', por se limitarem a variações de [[léxico]].
 
Utiliza-se o termo 'variedade' como uma forma neutra de se referir a diferenças linguísticas entre os falantes de um mesmo idioma. Evita-se assim ambiguidade de termos como [[idioma|língua]] (geralmente associado à [[norma padrão]]) ou [[dialeto]] (associado a variedades não padronizadas, consideradas de menor prestígio ou menos corretas do que a norma padrão). O termo "leto" também é usado quando há dificuldade em decidir se duas variedades devem ser consideradas como uma mesma língua ou como línguas ou dialetos diferentes. Alguns sociolinguistas usam o termo ''leto'' no sentido de variedade linguística - sem especificar o tipo de variedade. As variedadesapresentamvariedades apresentam não apenas diferenças de vocabulário mas também diferenças de [[gramática]], [[fonologia]] e [[prosódia]].
{{Quote2| ''Nenhuma língua permanece a mesma em todo o seu domínio e, ainda num só local, apresenta um sem-número de diferenciações.[...] Mas essas variedades de ordem geográfica, de ordem social e até individual, pois cada um procura utilizar o sistema idiomático da forma que melhor lhe exprime o gosto e o pensamento, não prejudicam a unidade superior da língua, nem a consciência que têm os que a falam diversamente de se servirem de um mesmo instrumento de comunicação, de manifestação e de emoção.''| [[Celso Cunha]] ''Uma política do idioma''<ref>[http://acd.ufrj.br/~pead/tema01/variacao.html "Variação linguística"]. PEAD.[[UFRJ]].</ref>}}
A [[sociolinguística]] procura estabelecer as fronteiras entre os diferentes falares de uma língua. O pesquisador verifica se os falantes apresentam diferenças nos seus modos de falar de acordo com o lugar em que estão ('''variação diatópica'''), com a situação de fala ou registro ('''variação diafásica''') ou de acordo com o nível socioeconômico do falante ('''variação diastrática''').
Utilizador anónimo