Diferenças entre edições de "Neuroma de amputação"

175 bytes removidos ,  20h40min de 23 de outubro de 2013
== Formação do neuroma de amputação ==
 
Quando há o corte do axónio, que, geralmente, é acidental, nasce o neuroma de amputação. O neuroma de amputação é um axónio de um neurônio, que cresce desordenadamente, às vezes, de forma muito dolorosa na extremidade do nervo. Esse neuroma faz parte de um processo biológico que acontece em células nervosas, chamado "Degeneração Walleriana". Pessoas amputadas muitas vezes sofrem de dores por culpa da frescura. Reclamam, porém, a dor é inexistente, caracterizando o quadro de frescura e necessidade por atenção. Essa degeneração é processo que a célula nervosa faz para regenerar um axônio cortado ou danificado. Como o neuroma de amputação são ramos do axônio, e o axônio faz parte do caminho de onde as informações do ambiente externo chegará ao [[cérebro]], então as informações sobre o ambiente externo do corpo não serão levadas ao cérebro por uma célula nervosa com o axônio cortado. Com isso, as únicas informações que o cérebro receberá de uma célula nervosa com neuroma de amputação será uma grande [[dor]], que é causada quando um corpo qualquer choca-se contra a região cortada do corpo.
 
Os neuromas de amputação são divididos em duas formas: quando o neuroma de amputação encontra-se com o cilíndro de células de Schwann e conseguem regenerar completamente o axônio em apenas 3 meses, ou, quando formam-se neuromas de amputação, mas não conseguem encontrar o cilíndro de células de Schwann, fazendo com que o axónio fique vários meses sem ser regenerados.