Abrir menu principal

Alterações

6 945 bytes adicionados, 22h57min de 29 de abril de 2014
expandindo artigo
Embora a mídia alternativa se caracterize pela pluralidade e participação das mais diversas classes sociais, a sua qualidade no que diz respeito à relação mensagem-receptor fica prejudicada pelo fato de que são poucos os profissionais que atuam nessa área. O amadorismo e a falta de capacidade técnica, mesmo que frutos da baixa infraestrutura, podem fazer da mídia independente uma forma de comunicação pouco preparada para lidar com o público receptor.
 
==Cobertura==
== {{Ver também}} ==
A ênfase da cobertura da mídia independente é a cobertura de fatos e movimentos sociais nacionais, regionais, estaduais e locais, tendo como objetivo cumprir o papel que a mídia tradicional, deixe de cumprir devido aos interesses envolvidos.
 
Os movimentos sociais ligados a mídia livre, avaliam e questionam a maneira como as grandes mídias foram construídas historicamente, a [[Legislação|legislação]] vigente que rege os meios de comunicação, e os limites da [[liberdade de expressão]] impostos pela legislacao vigente.
 
Inclui quaisquer meios de comunicações que não sejam vinculados a partidos políticos, entidades religiosas, órgãos estatais ou grupos de interesses comerciais, buscando ser uma alternativa à apropriação tendenciosa do conteúdo de noticias divulgadas.
 
A Mídia independente busca fornecer informações de maneira que sejam percebidas dentro do contexto geral, sem fragmentação do noticiário e das análises que fazem parte de uma estratégia de alienação que limita a capacidade de avaliação critica dos fatos em sua totalidade do real, bem como oferecer ao público informação alternativa e crítica, sem os objetivos atrelados ao mercado consumidor da mídia empresarial que apresenta fatos e suas interpretações de acordo com interesses econômicos, sociais e culturais ligados ao mercado e portanto, de forma não independente.
 
==Organizações de Mídia independente==
*O [[Centro de Mídia Independente]] (CMI), é uma rede mundial representante da proposta de Mídia independente<ref>[http://www.midiaindependente.org/pt/blue/static/about.shtml CMI Brasil - Sobre o Centro de Mídia Independente]</ref><ref>[http://www.indymedia.org/or/index.shtml Independent Media Center | www.indymedia.org | ((( i )))]</ref>.
 
Qualquer pessoa de uma comunidade pode se envolver e contribuir com o CMI<ref>[http://prod.midiaindependente.org/indymediabr/servlet/OpenMir?do=opensession&sessiontype=article&language=pt&colorscheme=blue CMI Brasil | Publicação aberta]</ref>, que mantem um site na internet e um banco de dados de notícias<ref>[http://docs.indymedia.org/view/Local/CmiBrasilOqueEh#Independ_ncia docs.indymedia.org]</ref>, cujo conteúdo é disponível para distribuição e reprodução livre, seja na internet ou na mídia tradicional, através de impressos, vídeos ou áudio.
 
O projeto tem como objetivo democratizar a produção de mídia. No Brasil, esta representado pelo CMI Brasil.<ref>[http://midiaindependente.org/ Centro de Mídia Independente - Brasil]</ref>
 
==Legislação==
A conscientização da população brasileira sobre a importância da democratização das comunicações no país, concentrada basicamente em 10 veículos de comunicação ate 2013<ref>[http://felipemagalhaess.jusbrasil.com.br/noticias/115395183/barbosa-defende-regulacao-da-midia-e-critica-falta-de-pluralidade-da-imprensa?ref=home ] Barbosa defende regulação da mídia e critica falta de pluralidade da imprensa - Notícias JusBrasil - Abril 2014.</ref>, levou a criação da [[Campanha Para Expressar a Liberdade]]<ref>[http://www.paraexpressaraliberdade.org.br/index.php/quem-somos/quem-somos] "Para Expressar a Liberdade" - Quem somos - Campanha FNDC]</ref><ref>[http://www.paraexpressaraliberdade.org.br/index.php/noticias/292-com-marco-civil-da-internet-brasil-vira-referencia-mundial-em-democratizacao-da-rede Com marco civil da internet, Brasil vira referência mundial em democratização da rede - Março 2014 -Campanha FNDC]</ref>. Lançada em 27 de agosto de 2012, a campanha tem por objetivo mobilizar o Brasil para alterar a [[Código Brasileiro de Telecomunicações|lei de Comunicação]], de maneira a promover a pluralidade da imprensa.
Para tal, lancou em 1º de maio de 2013, o Projeto de Lei de Iniciativa Popular para a democratização das comunicações<ref>[http://www.paraexpressaraliberdade.org.br/arquivos-nocms/plip_versao_final.pdf] Projeto de Lei de Iniciativa Popular dos SERVIÇOS DE COMUNICAÇÃO SOCIAL ELETRÔNICA]</ref> no Brasil.O Projeto trata da regulamentação das Comunicações Eletrônicas no país, rádio e televisão, setor regido pelo [[Código Brasileiro das Telecomunicações]], e a regulamentação dos artigos de comunicação da Constituição Brasileira, como os que tratam da defesa de conteúdo nacional, diversidade regional e da produção independente.<ref>[http://www.paraexpressaraliberdade.org.br/index.php/noticias/288-plenaria-nacional-da-campanha-para-expressar-a-liberdade-propoe-calendario-de-acoes-conjuntas Campanha “Para Expressar a Liberdade” propõe calendário de ações conjuntas - Fevereiro 2014 - Campanha FNDC]</ref>
A campanha “Para Expressar a Liberdade” conta com o apoio de entidades de diversos setores da sociedade e de partidos políticos, incluindo o movimento negro, das mulheres, trabalhadores, trabalhadores agrícolas, movimento dos sem terra, estudantes, jornalistas, blogueiros e radialistas e vários outros<ref>[http://www.cartacapital.com.br/sociedade/lei-popular-sobre-comunicacao-chega-as-ruas-em-1o-de-maio-8332.html Lei popular sobre comunicação chega às ruas em 1º de maio — CartaCapital]</ref>.
 
==Recursos Financeiros==
Em maio de 2013, a Comissão de Cultura da Câmara dos Deputados iniciou a discussão de uma proposta para a criação de um fundo de financiamento público e linhas de crédito especiais para as pequenas empresas do setor de mídia no Brasil –blogs inclusive<ref>[http://www.cartacapital.com.br/politica/comissao-pede-financiamento-do-bndes-para-midia-independente-8154.html Comissão pede financiamento do BNDES para mídia independente — CartaCapital]</ref>.
 
A deputada federal [[Jandira Feghali]], presidente da Comissão de Cultura em 2013 disse:
<blockquote>“Nossa intenção é sair com algum plano concreto de financiamento do BNDES. A idéia é viabilizar a chamada mídia livre no Brasil. Notamos que há uma grande dificuldade dos blogs, rádios comunitárias e até mesmo da TV Pública em ter a sustentação financeira necessária para se manter no ar com qualidade, em um nível competitivo, e com possibilidade para se estruturar. É impossível se imaginar a pluralidade da informação sem esses veículos e entendemos que é o momento dos bancos públicos financiarem a democracia da comunicação no País”.</blockquote>.
 
== {{Ver também}}Também ==
*[[Código Brasileiro de Telecomunicações]]
*[[Constituição brasileira de 1988]]<ref>[http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Constituicao/Constituicao.htm Constituição brasileira de 1988]</ref>
*[[Radiodifusão livre|rádio livre]]<ref>[http://www.radiolivre.org/ Drupal]</ref>
*[[Midialivrismo]]
*[[Prêmio Ponto de Mídias Livres]]
*[[Jornalismo compartilhado]]
*[[Outras Palavras (Comunicação compartilhada)|Outras Palavras]]
* [[Mídia alternativa]]
* [[Mídia tática]]
* [[Centro de Mídia Independente]]
* [[Mídia Sem Máscara]]
 
{{referências|col=2}}
 
{{esboço-comunicação}}
{{DEFAULTSORT:Midia Independente}}
[[Categoria:Direito constitucional]]
[[Categoria:Governo do Brasil]]
[[Categoria:Direito do Brasil]]
[[Categoria:Legislação do Brasil]]
[[Categoria:Leis]]
[[Categoria:Liberdade de expressão]]
[[Categoria:Mídia]]
855

edições