Diferenças entre edições de "Margarida da Escócia (santa)"

215 bytes adicionados ,  01h33min de 25 de novembro de 2014
sem resumo de edição
 
Era filha do ''Atelingo'' [[Eduardo, o Exilado]] (1016-1057), herdeiro da Inglaterra. Assim, era neta do rei [[Edmundo II de Inglaterra|Edmundo, Braço de Ferro]]. Seu pai tinha fugido dos normandos com Ágata, sua mulher, assim como com um seu filho e o verdadeiro rei da Inglaterra, [[Edgar, o Atelingo]], mais tarde [[Cruzados|cruzado]], e portanto irmão da santa Margarida. Uma irmã, Cristina, era freira em Romsey.
 
[[Ficheiro:François Caunois - Sainte Marguerite d'Ecosse.jpg|thumb|250px|left|Estátua de Margarida feita pelo escultor francês François Augustin Caunois, presente na [[Igreja de la Madeleine]], em [[Paris]].]]
 
A tradição diz que seu pai e seu tio Edmundo foram para a Hungria por segurança, durante o reinado de [[Canuto, o Grande]], mas não se encontram registros na Hungria. Margarida voltou por volta de 1057 à corte de Eduardo ''o Confessor''. Dez anos depois, após a [[batalha de Hastings]], fugiu com o irmão e foi, contra seu desejo, casada.