Diferenças entre edições de "Departamento do Censo dos Estados Unidos"

6 451 bytes adicionados ,  09h51min de 9 de dezembro de 2014
sem resumo de edição
m (Bot: A migrar 38 interwikis, agora providenciados por Wikidata em d:Q637413)
** [[Nova Inglaterra]]
** [[Médio Atlântico]]
 
ACUSAÇÃO
De Albertino Dias
 
A Inglaterra ou o Reino Unido UK
Tem em Dezembro de 2014 uma divida externa
De Usd 8,981,000,000,000 e pretende ter pago o plano Marshal
divida contraída com os Estados Unidos da América
 
Sera que a divida pertence aos que herderam o Reino Unido
Ou ela pertence ao povo inglês Porque não se compreende
a posição financeira no Forbes Do Principe herdeiro Charles
e de sua majestade a Rainha consideradas de fortunas colossais
 
Reino com assento no Concelho de Segurança das Nações Unidas
Com prestigiada posição e influência na NATO
Com direitos de VETO permanente na ONU
Até tem a moeda mais forte do mundo
 
Tem aliados da Comwealth
Tem sim ERHC ou ECHR muito prestigiada nas prospecções de petróleos
Até têm poços furos zonas e blocos de petróleos em São Tomé e Principe
Não obstante algumas colónias ainda na sua possessão
 
Têm o famoso fundo da besta
Tem rendimentos avultados atráves do Mr. António Cabral
Atráves das piratarias informáticas e os MRI
Que rendem ao Banco de Inglaterra arremessos consideráveis de fundos
 
Quem são os credores que não conseguem reaverem as dividas
Os valores de Castelo de Sherigham e os demais
A carruagem em ouro mais a riqueza pessoal do Príncipe herdeiro
Entretanto devem até a um simples cidadão do mundo
Mr. António Cabral com a identificação PX824359 mais de 280.000libras
 
 
Os tribunais ingleses são neutros e existem para os processos
Os juízes ingleses existem e são bons e A justiça inglesa não é da realeza
Porque a leis e a justiça defende o povo em geral
Como se processou a favor da Rainha quando foi o caso do jornal de SUN
 
António Albertino Afonso Dias da Costa Cabral
 
 
Uma forma de se financiar e enganar as nações pelo Reino Unido
Com imagens blasfémicas como a Plataforma de petróleos
de São Tomé e Príncipe construída pela ECHR OU ERCH
empresa britânica ou americana
 
Em 14 de Julho de 2014 investiu em São Tomé e Principe
100.000.000 de usd cem milhões de usdolares americanos
Fictícios ou verdadeiros mas cabe ao Presidente da Empresa
Mui distinto PETER NTEPHE identificar a fonte dos milhões
 
 
Segundo o contrato entre Peter ntephe o presidente da Empresa norte americana e Sua Excelência O Ministro dos Petróleos Santomense
Maquengo que infelizmente foi já substituído pelo governo
Do Primeiro Ministro Patrice Trovoada
 
 
Com tanto investimentos e com a divida externa
Os credores ficam a espera e os milhões oferecem-se
Porque esta plataforma terá que ser visível na comunidade internacional
Porque trata-se de uma questão honra da credibilidade da NATO e de VETO.
António Albertino Afonso Dias da Costa Cabral
 
 
BRANQUEAMENTO DE CAPITAL
De Albertino Dias
 
Os dinheiros avultados que gastou a FONG-STP
Cujas proveniências deixam muito a desejar
Com tantos actores envolvidos os nacionais e desmesuradamente os estrangeiros
Deveriam constituir motivos de preocupação relativamente a divida externa
 
Branqueamento de capital a um alto nível internacional
Numas Ilhas catalogadas de Pais menos avançado
Cujos impactos de investimentos são negativos
Atendendo os resultados reais no desenvolvimento da Nação
 
O Presidente da FONG-STP em São Tomé e Príncipe
República Democrática de São Tomé e Príncipe
O Excelentíssimo senhor Manuel Jorge de Carvalho do Rio
Confirma como donativos todo dinheiro investido até agora na organização
 
A FONG_STP tem a sede ou filial da organização
No bairro Quinta de Santo António em São Tomé
Telefone 2226754 email fong_stp@yahoo.com
República Democrática de São Tomé e Príncipe
 
De convicção e confissão da organização fez sua a declaração
E no pleno juízo da sua inteligência e sabedoria
Declarou publicamente no dia 13 de Dezembro de 2013
Que os financiamento postos a disposição da organização são DONATIVOS
 
O acesso as linhas de financiamento
Das ONG,s sustentados pela lei das ONG,s ONGD E ONGIP
São donativos sujeitos as auditorias financeiras
E avaliação dos resultados
 
A interpretação aceite como tal Iliba os donativos
das sentenças de auditorias podendo eventualmente serem observados
os impactos dos investimentos já que não obriga os retornos dos financiamentos
segundo as ilações que se obtêm esmiuçando-se a interpretação donativo
 
Se os financiamentos postos a disposição das ONG,s são donativos e por si só
não podem constituir Divida externa para o pais
Resposta garantida ao artigo do senhor António Albertino Afonso Dias da Costa Cabral
em 31.12.13 publicado no jornal o parvo no.443
 
António Albertino Afonso Dias da Costa Cabral
Nascido aos 20 de gosto de 1956
Com 58 anos de idade
Não aceita que lhe insultam a inteligência e sabedoria
 
Ao senhor Presidente da FONG-STP
E a Federação das ONG,s mencionadas e outras eventualmente
A Delegação da União Europeia em Libreville
A Embaixada de Portugal Em São Tomé
 
Ao BAD que pressupõe-se banco africano de Desenvolvimento
Ou Banco árabe de desenvolvimento
Banco e Desenvolvimento
Aceitam-se simplesmente BAD
 
PNUD organização das Nações Unidas
FAO e FIDA
BM entende-se por BANCO MUNDIAL
TVS Televisão de São Tomé e Príncipe
 
Instituto Camões do Ministério dos Negócios Estrangeiros de Portugal
AFC França Republique Française
GEMEC Internacional
COMISSÃO EUROPEIA
 
ECHR ACEP IMVF
FOUNDAÇÃO CALOUSTE GULBENKIAN
ACEP, ALISEI, TESE
ROYAL GROUP
 
INTERNATIONAL ALERT
VMS E VMS,D
CLS ARGOS
PETRÓLEOS DE PORTUGAL ETC
 
Rádio Jubilar Jornal Kê Kwá
Jornal transparência
Jornal Tela Nón
E na volta Agência Nacional de Petróleos de São Tomé e Príncipe
 
Para os devidos efeitos exortam-se a comunidade internacional
Para averiguarem esmiuçando-se cabalmente in loco e internacionalmente
As proveniências dos fundos e reverem a divida externa de São Tomé e Príncipe
Porque em momento nenhum os montantes investidos devem obrigar a RDSTP
 
Resumindo e concluindo os beneficiários
Da República Democrática de São Tomé e Príncipe
Juridicamente não reembolsam os dinheiros recebidos
Os DONATIVOS da FONG Internacional e ou PORTUGAL
 
Quaisquer responsabilidades inerentes ao reembolso
E as proveniências dos dinheiros das afiliadas e das confederações da organização
Deverão observar estritamente as confissões do Presidente da FONG_STP
O Excelentíssimo senhor <presidente Manuel Jorge de Carvalho do Rio
 
António Albertino Afonso Dias da Costa Cabral
 
 
* [[Região Centro-Oeste dos Estados Unidos da América|Região Centro-Oeste dos Estados Unidos]]
** [[Centro Nordeste dos Estados Unidos]]
Utilizador anónimo