Diferenças entre edições de "Otto Ernst Remer"

251 bytes adicionados ,  18h41min de 19 de abril de 2015
sem resumo de edição
Otto Ernst ficou conhecido por seu papel nos eventos que se seguiram ao [[atentado de 20 de julho]] onde ele permaneceu leal a [[Hitler]] e foi responsável por prender os conspiradores que desejavam remover o [[Führer]] do poder.
 
Otto Ernst Remer tomou parte na ofensiva na [[Batalha das Ardenas]] no front ocidental e na batalha de Jagerndorf-Troppau em março de [[1945]]. Como comandante do regimento de guardas, derrotou o golpe contra Hitler em [[20 de julho]] de [[1944]] em [[Berlim]]. Foi repetidamente honrado com distinções militares. Como comandante da Divisão de Reconhecimento Panzer, respondia diretamente a Hitler.<ref>{{citar web|URL=http://www.radioislam.org/remer/portugu.htm|título=|autor=Ahmed Rami|data=|publicado=Al Shaab|acessodata=19 de abril de 2015}}</ref>
 
Otto Ernst Remer foi conselheiro militar do Presidente [[Gamal Abdel Nasser]] em [[1953]] e [[1954]] no [[Egito]]. Após isso ele viveu e trabalhou por seis anos na [[Síria]]. Otto Ernst Remer foi entrevistado por [[Ahmed Rami]], correspondente na Europa do jornal islâmico [[Al Shaab (jornal)|Al Shaab]]. A entrevista foi publicada nos dias [[20 de julho|20]] e [[23 de julho]] de [[1993]].<ref>{{citar web|URL=http://www.radioislam.org/remer/portugu.htm|título=|autor=Ahmed Rami|data=|publicado=Al Shaab|acessodata=19 de abril de 2015}}</ref>
 
Otto Ernst Remer morreu em [[4 de outubro]] de [[1997]] em sua casa no exílio perto de [[Marbella]], na [[Espanha]].<ref>{{citar web|URL=http://www.radioislam.org/remer/portugu.htm|título=|autor=Ahmed Rami|data=|publicado=Al Shaab|acessodata=19 de abril de 2015}}</ref>
 
== Condecorações ==
65

edições