Diferenças entre edições de "Wikipédia:Esplanada/propostas/Abolir a obrigação de nomes científicos para artigos de espécies (26jun2015)"

+comentário + proposta variante um pouco mais específica
(+comentário + proposta variante um pouco mais específica)
Também {{Concordo|concordo}} com esta proposta. Nada mais que bom senso. Mas {{U|W.SE}}, prometido é devido {{XD}}. <font color="#000080">[[Usuário:Shgür Datsügen|Shgür Datsügen]]</font> <small><sup><span class="plainlinks">&#91;[[Usuário Discussão:Shgür Datsügen|disc]]&#93; '''·''' &#91;[[Special:Contributions/Shgür Datsügen|contribs]]&#93;</span></sup></small> 19h13min de 27 de junho de 2015 (UTC)
:{{Concordo}} com a proposta do {{U|W.SE}}. [[Usuário:Gameiro|<span style="color:green;">Gameiro</span>]][[Usuário Discussão:Gameiro|<span style="color:red;"><sup>está lá?</sup></span>]] 19h32min de 27 de junho de 2015 (UTC)
 
::Ninguém aqui precisa mentir, sendo assim eu peço um pouco de respeito da sua parte. Tudo depende do que vc entende por conflito, aliás um conflito não necessita chegar a guerra de edições e bloqueios. O tamanduá-bandeira citado pelo Shgur entre nesse exemplo de conflito, a movimentação do tatu-galinha-pequeno para tatu china é um conflito, o voto contrário no destaque do rinoceronte-de-sumatra pelo uso da palavra Sumatra e não Samatra é um conflito, a movimentação de um título para a tradução do vernáculo em inglês e a removimentação ao título original é um conflito. A discussão a respeito de guepardo versus chita eu considero também um conflito. Conflitos não precisam acabar em sangue. Mas vamos lá....
Eu tornaria a proposta um pouco mais específica:
{{início destaque}}
* Clados acima da categoria taxonômica de gênero, ficaria padronizados na nomenclatura científica, ou seja nas categorias primárias de gênero, família, ordem, classe, filo, reino, domínio, e todas as subcategorias secundárias como subgênero, tribo, subfamília, subclasse, infraclasse, legião, coorte etc;
* Na categoria taxonômica de espécie (incluindo subespécies quando necessário) ficariam da seguinte maneira:
** Espécies fósseis seriam padronizadas na nomenclatura científica; [Ex.: ''[[Australopithecus deyiremeda]]'', ''[[Panthera zdanskyi]]'' ...]
** Espécies recentes:
***Nomenclatura científica: para espécies sem nome vernáculo em português [Ex.: ''[[Dorcopsulus macleayi]]'', ''[[Allophryne ruthveni]]'']; para quando um mesmo vernáculo for usado para espécies diferentes [Ex.: [[andorinha-de-bando]], [[coruja-do-mato]]], para vernáculos com variações de grafia [Ex.: [[rinoceronte-de-sumatra]]/[[rinoceronte-de-samatra]]; [[foca-monge-das-caraíbas]]/[[foca-monge-do-caribe]]]; quando o uso for diferente em países lusófonos [Ex.: [[guepardo]] versus [[chita (animal)]], [[águia-pescadora]] versus [[águia-pesqueira]]]; e como padrão para resolução de disputas seja por diferença de uso regional, nacional, ou outra questão que possa ser levantada.
***Nomenclatura vernácula: para espécies lusófonas e não-lusófonas cujo vernáculo seja estável e não conflitante na lusofonia [Ex.: [[leão]], [[urso-polar]], [[gato]], [[cão]], [[girafa]], [[ornitorrinco]], [[panda-gigante]], [[panda-vermenho]], [[rinoceronte-de-java]], [[diabo-da-tasmânia]]...]
{{Fim destaque}}
 
Basicamente seriam mantidos nomes populares como cão, gato, leão, urso-polar, ornitorrinco entre outros; manteria a neutralidade/imparcialidade científica nas diferenças linguísticas, regionais; impediria a tradução literal; e manteria clados taxonômicos superiores na linguagem científica o que já é usado a muito tempo. O que acha dessa variação? [[Usuário:Burmeister|Burmeister]] ([[Usuário Discussão:Burmeister|discussão]]) 19h39min de 27 de junho de 2015 (UTC)
64 334

edições