Diferenças entre edições de "Fidesz - União Cívica Húngara"

6 bytes adicionados ,  12h23min de 14 de agosto de 2015
sem resumo de edição
|ideologia = 1988-1994: <br> [[Liberalismo]] <br> [[Social liberalismo]] <br> 1994-actualidade: <br> [[Conservadorismo]] <br> [[Nacionalismo]] <br> [[Populismo]] <br> [[Estatismo]]
}}
O '''Fidesz-União Cívica Húngara''' (em [[húngaro]]: Fidesz – Magyar Polgári Szövetség) é o maior partido político da atualidade na [[Hungria]]. Fundado em [[1988]], por jovens estudantes, nos seus primeiros anos de existência, era um partido de ideologia liberal e, até 1993, só poderiam ser membros, pessoas com menos de 35 anos. Em 1992 foi aceite na [[Internacional Liberal]].
Com os maus resultados nas eleições legislativas de 1990 e 1994 e, também, com a vinda de [[Viktor Orbán]] para a liderança do partido, o Fidesz, começou a abandonar a sua ideologia liberal passando a adoptar um carácter conservador e populista. Com [[Viktor Orbán]], o partido formou governo entre [[1998]] a [[2002]] e, de novo, de [[2010]] até a atualidade. Desde da reeleição em [[2010]], o governo de Orbán tornou-se controverso no seio da [[União Europeia]], ao reformar a Constituição Nacional que, por muitos analistas internacionais, estabeleceram na [[Hungria]] um regime de "democracia controlada".