Diferenças entre edições de "Copenhaga"

3 bytes adicionados ,  02h00min de 15 de agosto de 2015
Copenhague é uma cidade verde, com muitos parques de pequeno ou grande porte. Foi institucionalizada uma lei municipal em Copenhague, em 2015, que todos os cidadãos devem ter um parque ou praia a menos de 15 minutos de casa a pé.<ref>{{cite web|url=http://www.br.kk.dk/Politik%20og%20Demokrati/IPolitiskFokus/Miljoemetropolen/EnGronOgBlaaStorby.aspx|title=En grøn og blå storby|publisher=Københavns Kommune|accessdate=5 January 2009}}</ref> Em conformidade com esta lei, vários novos parques, incluindo o inovador Superkilen, foram concebidos ou estão em desenvolvimento em áreas carentes de espaços verdes. O Jardim do Rei, do [[Castelo Rosenborg]], é o parque mais antigo e mais visitado em Copenhague. Seu paisagismo foi iniciado por [[Cristiano IV da Dinamarca|Christian IV]] em 1606. Todos os anos, o parque recebe mais de 2 500 000 visitantes.
 
Também localizado no centro da cidade está o Jardim Botânico, particularmente notável pelo grande numero de estufas do século XIX que concentra-se lá, doadas pelo fundador da cervejaria [[Carlsberg]] J.C Jacobsen. O Fælledparken, com 58 hectares, é o maior parque da cidade, sendo popular para a prática de esportesdesportos e por sediar eventos anuais como a ópera ao ar livre, além de outros concertos e o Grande Prêmio de Copenhague, uma corrida de carros antigos. Muitos dos cemitérios da cidade são também usados como parques, assim como em várias cidades europeias:os seus labirintos, gramados e avenidas arborizadas são usadas para atividades mais calmas como banho de sol ou meditação. O maior deles é o Vestre Kirkegaard, com 54 hectares.
 
Copenhague também conta com três praias, com um total aproximado de 8 quilômetros de praias de areia a 30 minutos de bicicleta do centro da cidade.
Utilizador anónimo