Diferenças entre edições de "Marquês de Cascais"

89 bytes adicionados ,  02h34min de 4 de setembro de 2015
* uma ''"roda de navalhas de Santa Caterina, a roda de sua côr, as navalhas de prata"'', que são as que se podem ver na [[Sala de Sintra]], e que era o timbre dos senhores do morgado de Penha Verde, adoptado por um filho de [[João de Castro|D. João de Castro]], [[Vice-rei da Índia]] (1545-1548).
* ''"um lião nascente, ou de oiro, ou de prata, e umas vezes carregado com os móveis do escudo, outras não"'', que é o comum.
* ''"um caranguejo de prata, carregado das seis arruelas do escudo"'', que é o geralmente dado à Casa de Monsanto, em alusão ao marisco existente em Cascais, o qual, inclusivamente, deu o nome à terra.
 
No entanto, António Caetano de Sousa nas suas ''Memorias Historicas e Genealogicas dos Grandes de Portugal'' esclarece ser o timbre dos Marqueses de Cascais ''"meyo Leaõ de ouro."''
Utilizador anónimo